A missão do novo presidente do Yakult no Brasil

0 79

O administrador de empresas Eishin Shimada, de 64 anos, é o novo presidente da subsidiária brasileira da Yakult. O executivo assume o compromisso de manter a filial da multinacional japonesa na liderança do segmento de leite fermentado no País.

Segundo o presidente, para manter a empresa na liderança é fundamental reforçar, a cada dia, três responsabilidades fundamentais: estar sempre colaborando com a sociedade; estar sempre ampliando as oportunidades de postos de trabalho; e, por meio de boas negociações, manter a lucratividade e a consequente contribuição ao País. “Esses três pontos são o que qualquer empresa deve ter como obrigação e responsabilidade. Se faltar um deles a empresa não terá um retorno favorável dos clientes e consumidores”, reforça.

Embora a economia brasileira neste ano não apresente um horizonte muito claro, a meta da Yakult é de manter um crescimento de 5% ao ano. No primeiro quadrimestre de 2014, entretanto, a empresa já atingiu um crescimento no volume de vendas de 10%, o que anima o novo presidente. “Esses números refletem a grande aceitação e confiança dos consumidores com nossos produtos”, argumenta.

Para este ano, a meta do novo presidente é dar continuidade ao trabalho que já vem sendo desenvolvido pelos antecessores, com ainda mais ênfase às informações sobre o conteúdo científico e a qualidade dos produtos da Yakult. “Dentro das nossas possibilidades, tentaremos fazer com que essas informações cheguem de forma adequada até os nossos consumidores, para disseminar o conhecimento sobre uma vida mais saudável por meio da ingestão de alimentos saudáveis”, acrescenta.

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.