Reclamações contra bancos crescem 13%

0 45

As reclamações contra bancos aumentou 12,93% em abril em relação a março, segundo levantamento divulgado pelo Banco Central. Foram 2.052 queixas consideradas procedentes consideradas procedentes no mês passado, contra 1.817 em março.

Os números se referem  ao descumprimento de regras do Conselho Monetário Nacional (CMN) ou do BC.

No ranking dos bancos com mais de um milhão de clientes com mais queixas, o HSBC é líder. A instituição registrou um índice de 1,67, número que considera as reclamações procedentes divididas pela quantidade de clientes multiplicada por 100 mil.

Atrás do HSBC está Santander (1,60), Banrisul (0,99), Banco do Brasil (0,89) e Bradesco (0,81). Na lista de instituições com menos de um milhão de clientes, as mais reclamadas foram Société Générale, BNP Paribas e BMG.

As reclamações mais comuns foram débitos não autorizados em conta (347), cobranças irregulares de tarifas por serviços não contratados (170), esclarecimentos incompletos/incorretos sobre a norma do BC e cobrança irregular por serviços não contratados (165).

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.