Produção industrial no Brasil fica estagnada

0 46

A produção industrial brasileira ficou estagnada em agosto frente a julho, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) nesta quarta-feira. Na comparação com agosto de 2012, a produção diminuiu 1,2%.

De acordo com pesquisa da Reuters junto a 22 analistas, a expectativa era de que a produção industrial subisse 0,15% em agosto ante julho. As estimativas variaram de queda de 0,50 por cento a alta de 0,9%.Na comparação anual, a expectativa era de queda de 0,75%, sendo que as 18 projeções variaram de recuo de 1,8% a alta de 0,30%.

Apesar da estabilidade na média geral, três das quatro categorias de uso da indústria tiveram alta: bens de capital (2,6%), bens intermediários (0,6%) e bens de consumo duráveis (0,2%). Apenas os bens de consumo semi e não duráveis tiveram queda na produção (-0,3%).

Além disso, 15 das 27 atividades industriais pesquisadas tiveram alta entre julho e agosto, com destaque para os alimentos (2,5%), veículos automotores (1,7%), máquinas e equipamentos (1,2%) e vestuário e acessórios (7,2%).

Entre as 11 atividades em queda, o destaque ficou com a indústria farmacêutica, com recuo de 5,6% entre julho e agosto. Também tiveram reduções importantes na produção os setores de bebidas (-3,1%) e outros equipamentos de transporte (-3,7%). Na comparação com agosto do ano passado, houve queda de 1,2%. No entanto, nos acumulados do ano e dos últimos 12 meses, foram registradas altas de 1,6% e 0,7%, respectivamente.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.