Preço global de alimentos vai desacelerar na próxima década

0 15

A expectativa para a inflação global de alimentos é de desaceleração e maior estabilidade com os preços das commodities agrícolas nos próximos dez anos, declararam nesta sexta-feira (11) a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e a Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico (OCDE).

“No início do período da estimativa (2014-2023), a inflação de alimentos no nível dos consumidores parece menor e mais estável em todas as regiões do que estava nos turbulentos anos que sucederam a crise de preços”, disseram a FAO e a OCDE.

Em publicação da Reuters, as agências disseram que as projeções foram baseadas em suposições sobre políticas de governo, mercados, clima e fundamentos macroeconômicos, mas que áreas de incertezas, difíceis de prever, como doenças animais, não foram incluídas.

As entidades afirmaram que os preços agrícolas podem cair por mais um ou dois anos antes de estabilizarem-se em níveis acima dos vistos antes de 2008, mas abaixo de picos recentes.

Os preços do trigo deverão cair cerca de 1% ao ano em termos reais durante os próximos 10 anos, ficando cerca de 13% abaixo da média da década passada. Os preços de carnes em termos reais irão ficar mais altos que na década passada.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.