Para consumidor, marcas relevantes ditam tendências e geram impacto social

0 685

Ditar tendências e gerar impacto social relevante nunca tiveram tanta importância para as marcas como agora. É o que aponta uma pesquisa do Twitter feita em parceria com a Kantar para entender quais as principais razões de decisão de compra para os brasileiros.

A relevância cultural de uma marca, ou seja, o conjunto de características que possa trazer algo positivo para a sociedade e que esteja em conexão com os temas atuais, é decisiva quando o assunto é intenção de compra e recomendação. No primeiro caso, a correlação entre ambos é de 99%, enquanto que no segundo ela é de 98%.

O estudo também reforça a importância do engajamento das marcas no Twitter: quanto mais as marcas se conectam com tendências, eventos e questões da sociedade, mais são percebidas como culturalmente relevantes. Isso se reflete na atuação delas no Twitter, uma vez que marcas que usam continuamente a plataforma para essas conexões têm diferença de 10 pontos percentuais em relação a marcas que não estão presentes.

A presença no Twitter traz um aumento de 16 pontos percentuais no awareness da marca, 10 na associação de mensagem, 6 de favorabilidade de marca e 3 pontos percentuais de intenção de compra.

Marcas conectadas

“O Twitter é o lugar onde as marcas criam relevância cultural”, afirma Camilla Guimarães, gerente de pesquisa do Twitter no Brasil. “Para as pessoas, é essencial que as marcas se conectem com os momentos importantes, eventos, ocasiões ou pautas em discussão. Fazer parte do que está acontecendo na sociedade gera relevância e, consequentemente, beneficia sua marca dentro das prioridades dos consumidores”, completa.

Outro estudo recente do Twitter, desta vez numa parceria com a Magna, mostra que a relevância cultural é o principal fator para decisão de compra para 26% dos consumidores.

A presença em conversas sobre temas atuais, com uma grande manifestação pública, uma final de campeonato esportivo ou uma data comemorativa, tem se mostrado eficaz em diversos setores da indústria, registra o estudo. É o caso da correlação entre o investimento no Twitter Brasil e a relevância cultural das marcas de refeições (96%), telecomunicações (85%), tecnologia (74%) e serviços financeiros (72%).

Entre os achados da pesquisa, também está a forte influência da relevância cultural sobre a receita das empresas norte-americanas. Ao observar as principais marcas norte-americanas, notou-se que há uma correlação de 73% entre a relevância e a receita. A pesquisa ouviu 2 mil brasileiros em dezembro de 2020 e considerou 100 marcas de 13 segmentos da indústria do País.

 

 

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.