Mais baratos: os 8 alimentos com a maior queda de preço em 2017

0 432

O Brasil acumulou inflação de 2,95% em 2017, na menor variação anual desde 1998, quando registrou alta de 1,65% nos preços. Foi a primeira vez que o resultado ficou abaixo do piso estabelecido pelo regime de metas do CMN (Conselho Monetário Nacional).

O IPCA (Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) é baseado das despesas médias comuns dos brasileiros e, por isso, a maior parte do índice de inflação (25%) é composta por itens de alimentação e bebidas. Esses produtos foram os que mais contribuíram para a forte desaceleração da inflação em 2017, com queda acumulada de 1,87% no ano.

O grupo alimentação e bebidas é dividido entre itens consumidos fora de casa e dentro de casa, sendo que este último mostrou queda de 4,85% na média de preços. As frutas registraram o maior recuo nos preços médios, de 16,52% no ano, contribuindo com -0,19 pp para a desaceleração do IPCA de 2017.

Veja os 8 alimentos com maior queda de preço em 2017:

Fonte InfoMoney
você pode gostar também

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.