Governo quer criar Black Friday à brasileira, chamada de Semana do Brasil

1 149

A Secom (Secretaria Especial de Comunicação Social) planeja criar, na semana de sete de setembro, uma espécie de Black Friday à brasileira, com descontos no comércio para estimular o turismo, o consumo e o patriotismo. A informação é do jornal O Estado de São Paulo.

A data teria sido escolhida a exemplo do quatro de julho nos Estados Unidos, data em que se comemora a independência do país. Tradicionalmente, o varejo tende a realizar ações promocionais na celebração.

De acordo com o jornal, integrantes do governo já iniciaram conversas com representantes do setor varejista. Setembro é conhecido como um mês mais fraco para o comércio nacional justamente por não haver datas comemorativas, como Dia das Mães ou das Crianças, por exemplo.

Também estaria sendo sondado o setor hoteleiro, que poderia realizar ações promocionais para incentivar o turismo.

O Estadão também informou que o Planalto planeja gastos de até R$ 1,2 milhão com a parada do Sete de Setembro deste ano em Brasília. No ano passado, o custo foi de R$ 817 mil.

Fonte InfoMoney
Notícias Relacionadas
1 comentário
  1. Rogerio diz

    Que dinheiro desperdiçado!

    Eles querem que itens de luxo fiquem mais baratos por uma semana… a quantos esta medida vai beneficiar?
    Quer incentivar o comércio, principalmente de alimentos, sobe o salário mínimo e o bolsa família. Dá um bônus para os aposentados. E para resolver de vez o problema: crie empregos realizando obras e oferecendo novos serviços para a população.

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.