Diante do cenário econômico, preço volta a ser o fator mais importante na decisão de compra

0 1.033

A quinta edição da pesquisa* do Zoom, site e app comparador de preços e produtos, realizada com 2.279 respondentes, em parceria com a Consumoteca, aponta que o preço voltou a ser o fator mais importante na decisão de compra, após quatro anos. No ano passado, a boa experiência liderava o ranking e o preço ficava em segundo lugar, junto com “reputação em sites” e “grandes lojas”. Além disso, a opção de parcelamento também ganhou mais força no resultado. Em 2017, 13% sinalizaram que esse fator era importante. Esse ano, o número foi para 24%, o que representa um crescimento de 85%.

Mesmo nesse cenário em que o preço ganha mais destaque na hora da compra, os resultados da pesquisa também reafirmam que os e-consumidores prezam pela boa experiência e pesquisam, cada vez mais, sobre a reputação da loja antes de comprar. Ano passado, 21% dos respondentes afirmaram que analisam a classificação das lojas em comparadores de preço. Já esse ano, esse número saltou para 31%, representando um aumento de 48%

Para Thiago Flores, CEO do Zoom, o atual cenário de instabilidade econômica e político no Brasil contribui para que o preço ganhe um peso maior na decisão de compra. “Ao longo dos anos, percebemos que os consumidores estão se preocupando, cada vez mais, com a experiência oferecida pelas lojas. Por isso, aqui no Zoom, sempre tivemos preocupação em colocar o usuário no centro da tomada de decisão e de pensar no produto com base em suas necessidades. Além disso, investimos em um atendimento pessoal e humanizado que não tem como objetivo apenas resolver os problemas que possam surgir no processo de compra, mas sim, surpreender o cliente e entregar a melhor experiência possível”, finaliza.

A pesquisa do Zoom foi realizada com 2.279 respondentes, em parceria com a Consumoteca. Foram 73% de respondentes homens e 27% mulheres. A pesquisa englobou as classes A, B e C, sendo 89% dos entrevistados pertencentes às classes B e C.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.