Brasileiro condiciona retorno às atividades a vacina, distanciamento e equipamentos de proteção

0 73

Novo estudo do Boston Consulting Group sobre o comportamento do consumidor revela a disposição do brasileiro em retomar atividades cotidianas no cenário de pandemia. Na maior parte das atividades, o consumidor sente-se confortável em retomar hábitos como ir ao shopping ou supermercado, frequentar restaurantes, viajar e realizar atividades de lazer apenas quando houver vacina disponível. No caso de shopping centers, por exemplo, esse índice chega a 66%.

O estudo aponta também o desejo dos consumidores de sair de casa caso medidas preventivas sejam tomadas pelas empresas. No setor de varejo e serviços, a existência de regras de distanciamento social é apontada por 57% como uma condição que aumentaria as chances de sair de casa quando houver a reabertura; equipamentos de proteção e higienizadores para as mãos são citados por 55%. Também são apontados higienização regular do ambiente para eliminar vírus (46%) e medição de temperatura (38%). Apenas 6% dos entrevistados disseram que nada os faria sair de casa.

A pesquisa Consumer Sentiment Brasil ouviu 1.318 consumidores brasileiros na primeira quinzena de maio.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.