Aumento da Selic implicará em custos maiores ao comércio, diz ACSP

0 333

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central anunciou na noite desta quarta-feira (dia 27) a elevação da taxa básica de juros de 6,25% para 7,75% ao ano. A decisão está de acordo com a expectativa do mercado, embora houvesse quem defendesse alta ainda mais significativa.

De acordo com Ulisses Ruiz de Gamboa, economista da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), as autoridades monetárias parecem ter considerado que alguns setores da economia, como a indústria, estão apresentando desaceleração, e que as pressões sobre os preços decorrem mais de problemas de oferta, não justificando, portanto, aumento maior da taxa de juros.

“Para o comércio e todo o setor produtivo, a elevação da Selic implicará em custos maiores e em mais dificuldades de acesso ao crédito”, disse. “O que se espera agora é que o Executivo e o Legislativo definam claramente a situação fiscal, o que contribuiria para a valorização do Real e a queda dos preços”, complementou.
Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.