Mais de 70 mil empresas entraram no e-commerce em 3 meses, aponta Visa

0 78

Levantamento da Visa Consulting & Analytics, braço de consultoria da Visa, mostra que mais de 70 mil comércios que atuavam apenas no mundo físico entre abril e junho de 2019 entraram para o mundo online neste mesmo período deste ano.

O estado que apontou o maior crescimento nesta migração foi Roraima, com uma alta de 145% no número de lojas indo para o mundo virtual, seguido por Tocantins (113%) e Rondônia (84%).

Na análise por setor, o estudo apontou que os supermercados e os postos de gasolina registraram o maior aumento no número de estabelecimentos atuando nos dois canais ao mesmo tempo (presencial e online), com 373% e 407% de aumento, respectivamente.

“O segmento de postos de gasolina teve um crescimento expressivo por conta das inovações mais recentes lançadas no mercado, como aplicativos que permitem que o motorista efetue o pagamento sem precisar sair do carro. E o aumento em supermercados pode ser influenciado pelo aumento do uso de apps de entrega e delivery”, avalia Oscar Pettezzoni, diretor da Visa Consulting Analytics, por meio de nota.

Segmentos mais procurados no e-commerce

Em relação aos segmentos de estabelecimentos comerciais que já atuavam no mundo online mesmo antes da pandemia, os setores com o maior crescimento de vendas foram as lojas de departamento (462%) e os restaurantes de fast food, com aumento de 221%.

Ainda conforme a pesquisa, apesar de ter sido um movimento praticamente forçado por causa da quarentena, as 70 mil que ingressaram no e-commerce conseguiram aumentar seu ticket médio por transação em 17% ao migrar para o e-commerce.

“Falamos muito sobre a influência da pandemia na transformação digital das empresas: os números mostram resultados diretos desse movimento em suas vendas, além do ganho em benefícios como aumento da segurança, expansão da clientela e praticidade”, comenta Pettezzoni.

Fonte Valor Invest
Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.