KFC cresce no Brasil com promoções e formatos novos

0 105

Com promoções, novos formatos e planos para dobrar de tamanho, o KFC está crescendo no Brasil. No primeiro semestre de 2019, a rede registrou aumento de 38% em seu faturamento em relação ao mesmo período do ano passado.

Desde janeiro de 2018, o KFC faz parte do grupo Sforza, de Carlos Wizard Martins, ao lado de outras redes de alimentação como Pizza Hut e Taco Bell. Juntas, as três cadeias pretendem investir 1,3 bilhão de reais até 2023. O plano é abrir mil novas unidades das três marcas, que têm hoje reunidas 250 lojas no país.

Parte do crescimento das vendas vem do novo plano de expansão da companhia. “Depois de algumas entradas não tão bem sucedidas no país, acertamos o modelo de restaurante”, afirma o diretor-geral do KFC no Brasil, Ildefonso de Castro Deus.

Ao invés de abrir grandes restaurantes, a rede está investindo em espaços menores em shopping centers, com até 65 metros quadrados. Segundo o diretor, esse é um modelo mais rentável e ajuda a companhia a crescer dois dígitos há três anos.

Outro motivo para o aumento das vendas no primeiro trimestre foi, na verdade, uma diminuição significativa nas vendas no começo do ano. “Janeiro foi um mês crítico para todo o mercado de fast food, então entramos com uma ação agressiva de marketing”, diz.

As promoções, divulgadas até durante o Campeonato Paulista na televisão, divulgavam os pedaços de frango frito. Já dentro das lojas, os vendedores foram treinados para oferecer complementos, como sanduíches e refrigerantes, para aumentar o valor do tíquete médio. De acordo com o diretor, o ambiente mais promocional deve se manter para o restante do ano.

Expansão

A companhia, que tem 62 lojas no país, quer dobrar seu tamanho até o fim do ano, chegando a 120 unidades. A maior parte dos novos restaurantes deve ser aberta em lugares em que a companhia já está presente, como nos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, mas a companhia planeja chegar a cidades novas, como Curitiba, Porto Alegre, Brasília, Goiânia e irá expandir em Recife e Fortaleza. O objetivo é encontrar grandes investidores, capazes de abrir no mínimo quatro franquias e chegar até 20 unidades.

Além de lojas de shopping, a empresa deve abrir unidades de rua, de até 200 metros quadrados. Também deve ampliar o formato de drive thru, inaugurado este ano.

Mais do que lojas físicas, a empresa busca crescer com o delivery. Já há 36 unidades que contam com o delivery e o plano é chegar a 73 até o fim do ano, com parceria com o Uber Eats. Cerca de 15% das receitas das unidades que já trabalham com o delivery vem dessa modalidade.

Fonte Exame.com
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.