GPA vê resultado melhor em 2020 após reformas e conversões de lojas

0 233

“A perspectiva de consumo é mais positiva, o que ao lado dos trabalhos para concluir as conversões e revitalizações de supermercados nos permitirá começar o primeiro trimestre ainda mais preparados”, disse o presidente-executivo do GPA, Peter Estermann, em teleconferência a analistas e investidores.

A companhia divulgou na noite de quarta-feira alta de cerca de 30% no lucro líquido do terceiro trimestre ante mesmo período de 2019, apoiada em reduções de custos e crescimento de vendas liderado pela unidade de atacarejo Assaí.

Analistas do BTG Pactual avaliaram como fraco o desempenho do GPA, citando que a divisão multivarejo, que reúne as bandeiras Pão de Açúcar e Extra, continua sob pressão.

“Apesar de vermos uma melhor tendência para a companhia no quarto trimestre, tanto em receita quanto em margem, dadas as melhores perspectivas da economia, a recuperação deve ser gradual”, escreveram os analistas.

Estermann comentou que o GPA vai acelerar conversões de supermercados e renovações de lojas nos próximos meses para aproveitar o crescimento da demanda dos consumidores. Para o quarto trimestre, o GPA planeja revitalizar 20 lojas Pão de Açúcar, além de converter outros 18 supermercados para Mercado Extra e 15 para Compre Bem, afirmou o executivo

O GPA também está construindo 14 lojas Assaí em 12 Estados, e 11 devem ser inauguradas até dezembro e três no início do próximo ano. Em 2020, o GPA vê potencial de conversão de alguns hipermercados em lojas Assaí. “Especialmente em São Paulo, onde algumas lojas Assaí estão saturadas e não podem mais ser ampliadas, consideramos a possibilidade de converter hipermercados ainda no próximo ano”, disse Estermann.

Reestruturação do Casino

Parte do esforço de reestruturação da controladora Casino para simplificar sua estrutura acionária na América Latina, a aquisição da rede colombiana Almacenes Éxito pelo GPA está evoluindo dentro do esperado, disse Estermann. “Temos trabalhado com a Éxito desde 2015 e estamos muito confiantes sobre a integração”, disse o co-vice presidente do conselho de administração do GPA, Ronaldo Iabrudi, citando que o ambiente de juros em mínimas históricas no Brasil favorece as perspectivas de negócios do grupo.

Após a conclusão da oferta de aquisição de ações (OPA) da Éxito, o GPA vai começar os trabalhos para migrar para o segmento Novo Mercado, segmento da B3 com padrões mais rigorosos de governança. Segundo Estermann, a migração deve ser concluída até fevereiro de 2020.

Fonte Reuters
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.