Faturamento deve crescer 18% na Black Friday, prevê ABComm

0 46

A Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) prevê crescimento de 18% no faturamento do comércio eletrônico durante a Black Friday deste ano em comparação a 2018. É esperado que o e-commerce venda R$3,45 bilhões nos dias que contemplam a promoção.

Na edição do último ano, 9 das 10 maiores varejistas brasileiras registraram aumento nas vendas. No varejo como um todo, as vendas cresceram 23% de 2018 para 2017. O faturamento movimentou R$2,6 bilhões. O valor médio das compras também terá um ligeiro aumento e deve ficar em torno de R$ 340.

O levantamento foi feito pela Abcomm em parceria com a Klooks, plataforma de big data especializada em inteligência financeira corporativa.

Por região

Outra pesquisa, elaborada pela LeadMidia, indica que a região Sudeste deve permanecer como líder de vendas durante a Black Friday. A previsão é que 61% do total de faturamento venha de consumidores dessa região.

O maior crescimento, no entanto, deve ser da região Nordeste, cuja participação deve aumentar 14%.

Produtos mais procurados

De acordo com a LeadMidia, os produtos mais procurados durante a Black Friday serão os mais caros. Isso porquê o usuário espera pela data para desembolsar maiores quantias e aproveitar as melhores promoções. Mas, para isso, não podem ter necessidade imediata.

O produto que lidera as buscas continua o aparelho celular. O levantamento mostra que 37% dos consumidores pretendem comprar um novo smartphone. Além disso, 36% dos consumidores pretendem comprar eletrodomésticos e 29% vão comprar aparelhos de televisão.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.