Farmácias crescem 11% e faturam R$ 66 bi no semestre

0 86

As farmácias e drogarias brasileiras totalizaram R$ 66,4 bilhões em vendas no primeiro semestre de 2020, contra R$ 59,6 bilhões no mesmo período do ano passado, segundo um estudo da IQVIA. O valor representa crescimento de 11,4% e já corresponde a 55% do faturamento de R$ 121 bilhões registrado ao longo de 2019. O volume de unidades comercializadas obteve aumento de 10,3%, de 2,9 bilhões para 3,2 bilhões. De acordo com o levantamento, os indicadores de 2020 não estão associados somente à demanda por conta do Covid-19. Em janeiro e fevereiro, o faturamento do setor chegou a R$ 20 bilhões e superou em 8% o montante obtido no ano passado. No entanto, o mês de março alcançou uma receita de R$ 13,2 bilhões.

No semestre, o comércio eletrônico somou R$ 18,4 bilhões em faturamento, 28% do total comercializado nas farmácias. As vendas online ganharam destaque, sobretudo, a partir de março. Considerando os canais físico e digital, o consumer health foi o segmento com melhor performance no setor, com receita superior a R$ 15,5 bilhões e uma evolução de 27%. A demanda por vitaminas, minerais e suplementos cresceu 71% no período, impulsionada por marcas low price ligadas à prevenção e ao aumento da imunidade. Já os produtos de perfumaria e remédios isentos de prescrição registraram aumento de 4,5%, enquanto o setor de medicamentos prescritos permaneceu estável.

Fonte Panorama Farmacêutico
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.