Extra aposta em novo projeto têxtil

0 770

A rede de hipermercados Extra decidiu reformular a área têxtil de suas operações apostando numa elevação de até 15% nas vendas até o final de 2018. Entre as mudanças, está a renegociação com fornecedores e uma ala focada apenas em produtos jeans. “Pelo nosso balanço do segundo trimestre, apresentamos crescimento de dois dígitos em todas as áreas não alimentares. Acreditamos no diferencial do hipermercado para a venda de produtos como eletroeletrônicos, pneus, na realização de bazares e, obviamente que o isso envolve também o segmento têxtil”, afirmou a diretora nacional de marketing do Extra, Christiane Cruz.

A iniciativa de reformulação está em desenvolvimento há um ano e meio e já entrou em vigor nos 112 hipermercados da marca. Para a realização do projeto, houve a necessidade de reforma em 36 unidades do negócio. Já em relação a área reservada aos produtos jeans, a expectativa é que esse departamento seja lançado em 38 lojas. Até 2019, pelo menos 70% desse montante estará com o espaço disponível aos clientes.

Além das mudanças na estrutura dos hipermercados, o gerente comercial de têxtil do Extra, Rodrigo Leite afirma que o processo exigiu também renegociação com fornecedores e a troca de 30% a 40% desses parceiros – tanto no âmbito nacional como internacional.“Um dos focos é disponibilizar para o cliente um produto mais barato e de maior qualidade. Para isso, contamos com a estrutura de certificação grupo Casino”, destacou o executivo. Ele diz que a nova operação do Extra busca diversificar e subdividir categorias de roupas a fim de atrair “vários estilos de vida” e faixas-etárias, tanto com linhas de produtos mais casuais como modernos. “Reformulamos a equipe responsável pela área têxtil. Fizemos uma parceria com o grupo colombiano Éxito para o desenvolvimento desse projeto por meio de viagens internacionais, com o objetivo também de traçar um calendário de tendências de moda fora do País”, lembrou Leite.

Datas promocionais

De acordo com os executivos da rede de hipermercados, a iniciativa de reformulação está em linha com os planos de venda até o final de 2018 em razão da chegada de algumas datas comemorativas importantes para o varejo. “Um dos principais pilares desse movimento estratégico está nas ações promocionais com a Pink Friday e Blu Friday”, afirmou Christiane, referindo-se aos eventos criados pela marca para alavancar as vendas por meio de grandes promoções.

Além disso, a executiva afirmou que as peças da coleção primavera-verão da marca devem estar disponíveis neste mês – também com foco na demanda de datas como o Dia das Crianças, Black Friday e Natal. “Essas ações também fortalecerão nossos programas de fidelidade, que representam, no geral, 60% das vendas do Extra”, disse Christiane. Questionados sobre o percentual de participação do segmento têxtil nas vendas totais do negócio, os executivos apenas disseram que preveem ganhos em share do segmento dentro do portfólio da marca.

 

Fonte DCI
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.