Em expansão, Jundiá Foods planeja chegar a 10 lojas físicas neste ano

0 941

Depois de abrir a primeira loja física na capital paulista, no bairro dos Jardins, em julho, a Jundiá Foods, divisão de alimentos congelados e refrigerados do grupo BRGMN, segue com seu plano de expansão e a expectativa é terminar o ano com dez unidades no total. A primeira experiência da empresa no varejo físico foi com uma unidade-piloto em Alphaville, na Região Metropolitana.

Novas unidades devem ser abertas nas cidades de Bauru e Jundiaí, no interior paulista, mas ideia é ampliar a área geográfica de atuação nos próximos meses e ir além do Estado de São Paulo, afirma o CEO do grupo BRGMN, César Bergamini, em entrevista ao portal Mercado&Consumo. Minas Gerais e Bahia estão nos planos.

Criada em 2015, a Jundiá Foods fornece produtos para redes de fast-food, hamburguerias, lanchonetes, lojas de autosserviço, food trucks, restaurantes, conveniências, parques, cafeterias, sorveterias, pizzarias, estádios, hotéis e outros estabelecimentos que oferecem serviço de alimentação. Entre os itens disponíveis, estão pães, batatas fritas, hambúrgueres, carnes, queijos, molhos, sorvetes, salgados, temperos e sobremesas.

Com a abertura de lojas físicas, a marca passou a atender também ao consumidor final. Além da Jundiá Foods, o grupo BRGMN é formado pelas marcas Sorvetes Jundiá, Fuzzy Açaí e Freddo e, nas unidades, os clientes têm acesso a produtos de todas elas.

“Estamos com uma expectativa boa. Nossas vendas não tiveram queda na pandemia, porque ela acabou tirando alguns prazeres, como diversões e viagens, e as pessoas acabaram levando isso para dentro de casa. Esperamos que, com o avanço da vacinação, haja uma explosão de consumo. Acreditamos que teremos mais um ano de crescimento”, afirma César Bergamini.

Notícias Relacionadas
Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.