Casino manterá estratégia do GPA após IPO do rival Carrefour no Brasil


 

O Casino não vê mudança na estratégia de expansão do Grupo Pão de Açúcar (GPA) após a oferta inicial de ações (IPO, em inglês) do rival Carrefour no Brasil, afirmou o diretor financeiro do grupo francês, Antoine Giscard d’Estaing.

Segundo ele, o processo de venda da participação majoritária na varejista de eletroeletrônicos e móveis Via Varejo continua, mas ainda não há notícias específicas a reportar sobre o assunto. A Via Varejo é controlada pelo GPA, que por sua é controlado pelo Casino.

Giscard d’Estaing ainda afirmou que as metas anuais traçadas pelo Casino podem ser atingidas, depois que o forte desempenho das lojas Monoprix e Geant o ajudaram a superar as expectativas para o segundo trimestre.

A varejista, cujo rating foi cortado pela Standard & Poor’s em março de 2016, está sob pressão para mostrar que é capaz de recuperar resultados na França, enquanto as condições no Brasil, seu segundo maior mercado, seguem difíceis por causa da crise econômica.

Só no primeiro semestre, espera-se que o lucro operacional do Casino cresça 20%, disse o diretor financeiro da empresa a analistas.

No segundo trimestre, as vendas atingiram 9,277 bilhões de euros, superando a previsão média de 9,173 bilhões de euros em um levantamento compilado pela companhia.

O desempenho trimestral foi ajudado por novos sinais de recuperação dos negócios do grupo no Brasil, onde as vendas saltaram quase 10%. O Casino divulga os resultados financeiros do segundo trimestre em 27 de julho.

“Estamos bem em linha com nossos objetivos anuais e vamos melhorar nossa lucratividade na França, conforme esperado”, afirmou Giscard d’Estaing.

As vendas mesmas lojas em hipermercados Geant aumentaram 0,4% no segundo trimestre, puxadas por alimentos, ante queda de 1,9% no primeiro trimestre de 2017. Nas lojas Monoprix, houve alta de 3,6%.

Para 2017, o Casino reiterou previsão de alta de pelo menos 10% no lucro operacional, considerando o atual patamar de câmbio, ante crescimento de 3,7% em 2016.

As ações do Casino subiam quase 1%, cotadas a 21,66 euros.

Sem considerar aquisições, efeitos cambiais e a receita com combustíveis, as vendas da empresa subiram 3,3% no segundo trimestre, ante alta de 3,1% no primeiro.

Na semana passada, o rival Carrefour também divulgou desempenho acima do esperado para o período, ainda que os números tenham refletido um cenário persistentemente desafiador na França, onde cortes de preço permitiram que a divisão de hipermercados retornasse ao lucro.

(Por Dominique Vidalon)


Fonte Época Negócios

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.