Coca-Cola lança ‘Topo Chico’ no Brasil

0 374

A Coca-Cola escolheu o Brasil para lançar sua primeira bebida alcoólica no mercado de ‘hard seltzer’, segmento que tem feito sucesso nos Estados Unidos.

A ‘Topo Chico Hard Seltzer’ estará à venda nos Estados do Rio de Janeiro e de São Paulo, a partir deste mês. O produto será comercializado em latas de 310 ml, nos sabores Morango-Goiaba, Lima-Limão e Abacaxi.

Com teor alcoólico de 4,7%, o preço sugerido será de R$ 4,99. Redes como Atacadão, Assaí, Maxxi, Big, Pão de Açúcar, Makro e Carrefour terão o produto, além das lojas de conveniência BR Mania e Select.

Água com gás, aromatizante e álcool

No final de julho, a companhia havia anunciado que entraria para o mercado de ‘hard seltzers’, que são bebidas alcoólicas feitas à base de água gaseificada e aromatizantes naturais de frutas.

O álcool de sua composição pode vir do açúcar de cana ou do malte de cevada. Sem glúten, a bebida tem, em média, 90 calorias por lata.

De acordo com um relatório da Nielsen, apenas 10 rótulos de ‘hard seltzer’ estavam no mercado norte-americano em 2018. Em 2019, o número cresceu para 26 marcas.

A consultoria afirma que a categoria foi o segmento “mais resiliente em toda a indústria de bebidas alcoólicas” durante a pandemia.

Segundo a Coca-Cola, nos últimos 3 anos, o mercado da categoria movimentou mais de US$ 3 bilhões nos Estados Unidos.

Além do Brasil, a bebida também será lançada no México (nas cidades do México, Acapulco e Monterrey), país onde nasceu a marca de águas Topo Chico, adquirida pela Coca-Cola em 2017.

Lançamento

As ações de lançamento terão foco em campanhas digitais e ações nos pontos de venda. “Além de mostrar a novidade, precisamos falar da categoria e mostrar porque o produto faz sentido para o consumidor.”, afirma Renato Shiratsu, diretor de Integrated Brand Experience e Bebidas Premium da Coca-Cola Brasil.

Para o executivo, a novidade foi uma demanda do próprio público. “O consumidor vem pedindo algo diferente. Vamos aprender com eles, para levarmos a novidade para o resto do Brasil e outros mercados. A oportunidade é enorme, com ocasiões de consumo muito amplas.”, declara Renato.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.