Nielsen premia produtos inovadores no Brasil

0 161

Na terça-feira (27), a Nielsen entregou o prêmio Breakthrough Innovation para os produtos brasileiros mais inovadores. Os vencedores mostraram que conseguiram ganhar mercado, entregaram crescimento através de estratégias claras e decisivas. São produtos que triunfaram ouvindo os consumidores e alcançando a excelência na execução no mercado. De acordo com Cassiana Costa, especialista em Inovação da Nielsen no Brasil e responsável pela elaboração da edição brasileira do Breakthrough Innovation, inovar tornou-se o principal desafio para as empresas de bens de consumo em uma atividade econômica incerta e com dificuldade para retomar o crescimento.

“A recuperação econômica está muito lenta por diversos fatores: desemprego em alta e a renda em baixa. Por isso, os consumidores brasileiros se adaptaram à nova realidade de sucessivas crises. A resposta é a inovação. Mas como fazer isso de uma maneira consistente?”, questionou Cassiana.

“Essa resposta só pode ser dada com uma estratégia clara, com informações precisas e um modelo preditivo, que aumenta em 5 vezes a chance de uma inovação cair no gosto do consumidor”, afirmou a especialista da Nielsen, lembrando que 30% de produtos promissores fracassam no mercado por falta de suporte adequado das empresas.

A premiação reconheceu os melhores produtos em seis perfis: Superstar, Brand Grower, Crowd Pleaser, Emerging Play, Targeted Play e Short Term Play. No Brasil, os vencedores foram: Superstar, Salamitos (Sadia); Brand Grower, NAN Supreme (Nestlé); Emerging Play, Natural Whey (Verde Campo); Target Play, Linha Fit Me (Maibelline)e na Short Term Play, Doritos Mistery (Pepsico). No Brasil não houve vencedor para a categoria Crowd Pleaser.

Com essa premiação, a Nielsen propõe o modelo Activation Profiles para dar suporte e fomentar inovação no país e evitar perdas para o setor.

As empresas de bens de consumo desperdiçaram, em conjunto, US$ 4 bilhões em lançamentos de produtos nos últimos três anos por problemas com estratégia de marketing e com análise de mercado. A conclusão é de estudo elaborado pela Nielsen, empresa líder global em conhecimento sobre consumo.

Para melhorar esse cenário, a Nielsen elaborou um modelo preditivo que aumenta em cinco vezes a chance de sucesso de inovações. O estudo embasa a premiação Breakthrough Innovation, que analisou quase 2 mil lançamentos dos últimos três anos na América Latina, usando a metodologia proprietária Activation Profiles.

Esse modelo foi construído a partir da otimização de outros quatro que medem, com precisão, o sucesso do produto, o volume de vendas, o crescimento da marca como um todo, e o potencial com um consumidor alvo.

“São marcas que triunfaram ouvindo os consumidores e alcançando a excelência na execução no mercado”, afirmou Cassiana.

Nas seis categorias, a Nielsen encontrou os melhores lançamentos que comprovadamente impactaram de forma significativa as marcas e os brasileiros. O sucesso atestado em mais de dois anos de venda gerou crescimento de vendas, aumento da lucratividade e melhoria da percepção da marca.

“É importante reconhecer as estratégias campeãs que se materializaram em inovações de fato”, disse Cassiana.

O modelo Activation Profiles da Nielsen garante às empresas de bens de consumo maior sucesso e minimiza obstáculos às inovações. De acordo com estudo da Nielsen, 30% das inovações promissoras não recebem suporte necessário para atingir seu potencial total. Além disso, um novo produto que falha em entregar uma experiência satisfatória ao consumidor só tem 5% de chance de sucesso no mercado durante sua vida útil.

“Eles não recebem aporte correto porque a estratégia é feita em bases frágeis e com um modelo de análise impreciso”, disse Cassiana.

O Activation Profile é capaz de garantir uma taxa de sucesso maior para a marca. É com esse espírito que o Breakthrough Innovation é um reconhecimento de marcas que mostraram habilidades excepcionais não apenas em ganhar mercado e entregar crescimento, mas também na implantação de estratégias específicas para o seu tipo de inovação.

Fonte e-commerce News
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.