Ministério Público do Trabalho encerra inquérito contra JBS

0 26

O Ministério Público do Trabalho da 15ª Região, em Bauru (SP), determinou o encerramento do inquérito civil aberto contra a JBS para investigar o controle de jornada dos colaboradores que atuam na área de transporte da companhia. A JBS apresentou ao MPT sua tecnologia de controle de jornada, que consiste no envio automático de dados dos motoristas por meio do rastreador do veículo. Entre os dados enviados encontram-se informações sobre as viagens, folgas e intervalos, que passaram a permitir o amplo cumprimento da nova legislação do setor.

“O equipamento passou a ser útil também para viabilizar o processo de controle eletrônico da jornada dos motoristas. Essa medida foi adotada com apenas algumas ferramentas eletrônicas adicionais”, afirma Nelson Dalcanale, presidente da JBS Novos Negócios, unidade responsável pelo gerenciamento da frota de veículos da companhia. “Diante dos fatos relatados e dos argumentos colocados pela empresa, verifica-se que os procedimentos adotados comprovam o ajustamento voluntário da empresa aos ditames da citada Lei nº 12.619/12, motivo pelo qual se justifica o arquivamento do presente inquérito civil”, disse em seu parecer o procurador do trabalho Luis Henrique Rafael.

O estudo de controle de jornada dos motoristas por meio do rastreador via satélite dos veículos foi apresentado pela JBS no Congresso de Logística organizado pela Associação de Supply Chain e Logística. O projeto foi eleito o melhor case do ano no segmento durante o evento, recebendo uma premiação especial na ocasião.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.