Prévia da inflação oficial é acelerada por alimentos

0 48

O Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo-15 (IPCA-15) avançou 0,73% em março pressionado pelos preços de alimentos e passagens aéreas, aproximando-se de 6% no acumulado em 12 meses. Dados divulgados nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostraram que o indicador, prévia da inflação oficial do País, atingiu 5,90% em 12 meses até março, ante 5,65% em fevereiro, quando avançou 0,70% na comparação mensal. A meta de inflação do governo é de 4,5% pelo IPCA, com margem de 2 pontos percentuais para mais ou menos. Ambos os resultados ficaram em linha com as medianas em pesquisa da Reuters. Segundo o IBGE, o maior impacto no índice de março veio do grupo Alimentação e Bebidas, de 0,27 ponto percentual, após alta de 1,11%. Em fevereiro o grupo havia avançado 0,52%. Outros índices inflacionários já haviam mostrado pressão dos alimentos sobre os preços ao consumidor devido à seca em grande parte do Brasil no começo do ano. No IGP-M, por exemplo, os produtos agropecuários já vinham registrando fortes altas no atacado.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.