Exclusivo: “Nova equipe econômica deve ser clara no seu plano de ideias”, diz Maílson da Nóbrega

0 30

por Cristiano Eloi

A boa comunicação, aliada a transparência de ideias, é um fator primordial para que a nova equipe econômica, comandada por Joaquim Levy, que sucederá o atual ministro Guido Mantega, no Ministério da Fazenda em 2015, faça com que a população tenha confiança, no que deve ser realizado por eles, para que a economia brasileira volte ao seu eixo nos próximos anos. “O desafio que eles (equipe) têm é grande, mas se eles souberem expor as ideias de maneira clara, explicando o que terão de fazer à sociedade e ao empresariado logo no início do mandato, isto já é um passo muito grande na realização destes desafios”, disse Maílson da Nóbrega, ex-ministro da Fazenda de 1988 a 1990 e consultor econômico da Tendências, em palestra realizada ontem (10), a um grupo de distribuidores, em São Paulo.

Para ele, o ano de 2015, será um ano de aperto fiscal e de ajustes necessários para que se resgate a volta da confiança do empresariado brasileiro e dos investidores internacionais em investir no País.

“O primeiro passo na condução destes problemas a presidente Dilma Rousseff já deu que foi o de escolher um nome forte para o ministério da Fazenda. Agora, temos de ver se ele poderá fazer os ajustes e realizar as medidas necessárias nos primeiros meses do seu ministério ou se a presidente Dilma dará passos atrás quando esta política de ajustes for implementada. Isto é o que definirá o rumo do Brasil nos próximos anos”, afirmou o ex-ministro.

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.