Após aporte de US$1.2 bilhão, Rappi pretende chegar a cerca de 70 cidades no Brasil ainda em 2019

0 92

A Rappi, aplicativo de delivery de tudo, recebeu um novo aporte. Desta vez, de U$1.2 bilhão – o maior investimento já realizado em uma empresa da América Latina. Do montante, US$1 bilhão veio do grupo japonês SoftBank e US$ 200 milhões de fundos de capital de risco que já haviam investido na startup, como Andreessen Horowitz, DST Global e Sequoia Capital. Agora, a empresa pretende acelerar a expansão nas cidades em que já atua e ingressar em outros municípios com mais de 400 mil habitantes.

O voto de confiança bilionário na startup, criada há três anos na Colômbia, reforça o potencial de crescimento da Rappi, que, além de incentivar a economia colaborativa, conectando entregadores parceiros aos usuários da plataforma, oferece uma extensa gama de serviços e produtos aos usuários que vão desde entregas de restaurantes, farmácias e supermercados até aluguel de patinetes elétricos, agendamento de massagens, contratação de manicure e serviços em gerais. Com o aporte, a empresa irá reforçar ainda mais sua estratégia de super aplicativo, reunindo em um só lugar serviços que costumam requerer diversos apps e, assim, facilitar ainda mais a vida de seus usuários.

Com um modelo de negócio escalável, a Rappi registra no Brasil um crescimento de 30% ao mês, o que torna o País um dos mais importantes da operação. Com o recente investimento, a expectativa é triplicar o número de cidades em que atua no Brasil, passando de 20 para cerca de 60 ainda em 2019. Além disso, a startup, que já alcançou mais de 13 milhões de downloads nos sete países em que atua, pretende aumentar também sua presença na região, inaugurando novos países até o final do ano.

“Temos muito orgulho de ser o primeiro super aplicativo latino americano. O investimento histórico que recebemos mostra que existe muito espaço para inovar na América Latina e comprova que estamos mudando o cenário de inovação e econômico da região”, destaca Sebastian Mejía, cofundador e CEO da Rappi.

Para aumentar a presença da Rappi no cotidiano das pessoas, a startup também investirá em seu sistema de pagamento, o RappiPay. A funcionalidade oferecida pelo aplicativo é uma carteira digital que pode ser usada para realizar pagamentos em lojas físicas via QR Code ou transferir dinheiro entre usuários.

Fonte e-commerce News
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.