Jeff Bezos usa a ‘regra das duas pizzas’ para deixar reuniões produtivas

0 652

Jeff Bezos tornou-se o homem mais rico do mundo. Seu patrimônio líquido o de Bill Gates, fundador da Microsoft, agora terceiro no ranking entre os bilionários, depois de perder o posto para Bernard Arnaut, dono da empresa de artigos de luxo LVMH, detentora da marca Louis Vuitton. E se os ventos continuarem soprando a favor da Amazon, Bezos tem tudo para seguir como forte competidor no ranking e se tornar o primeiro trilionário do mundo até 2042.

Uma das chaves para tamanho sucesso podem ser os hábitos do empresário. No trabalho, ele é bem rígido quando se trata da produtividade das reuniões. Bezos só se encontra com investidores da Amazon por seis horas… por ano. E evita reuniões de manhã a qualquer custo.

Uma das estratégias criativas de Bezos para não perder dias inteiros em reuniões desnecessárias é a “regra das duas pizzas”. Bezos nunca faz reuniões em que duas pizzas não seriam suficientes para alimentar todo o grupo.

A lógica: quanto mais pessoas numa reunião, menos produtivo o encontro será. A ideia é que se você reunir uma equipe muito grande não chegará a lugar algum.

Outras outras sugestões que, assim como a de Bezos, ajudam a tornar os encontros mais produtivos é marcar só os que forem necessários. Parece óbvio, mas quando os funcionários estão reunidos, não estão trabalhando. Deve-se ter cuidado com quem se convoca para a reunião, pois um funcionário sem envolvimento com as questões nela tratadas terá com certeza coisas mais produtivas a fazer.

Além disso, vale eliminar reuniões de rotina ou reduzir sua frequência. Muitas servem apenas para colocar em dia as notícias da empresa ou para o anúncio de mudanças. É melhor enviar as novidades por e-mail ou então divulgá-las num mural.

Fonte Época Negócios
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.