Sorveterias buscam alternativas para esquentar os negócios no inverno

0 105

Dia 21 de junho, inicia o inverno e com isso, muitos setores da alimentação se adaptam para conseguirem manter faturamento. É o caso das gelaterias, que defendem a questão de estarem um país tropical, e com isso, ingredientes que possam driblar as quedas de consumo.

O consultor e mestre sorveteiro da Escola Sorvete, Francisco Santana afirma que o sorvete não é apenas para ser consumido durante os dias quentes, ele pode e deve ser degustado também nos dias mais frios, aproveitando as delícias e as propriedades nutritivas dos ingredientes. “O medo de todo sorveteiro que pretende investir no negócio é a chegada do inverno, os brasileiros não tinham o hábito de tomar sorvete no frio, mas isso está mudando e se moldando ao gosto da população e em consequência, as empresas continuam driblando a época que poderia ser de crise, para lucrar no inverno”, afirma Santana.

Para aumentar o faturamento durante a fria temporada, confira as dicas do mestre sorveteiro Francisco Santana:

  • Invista no ambiente, climatizadores refresquem no verão e aquecem no inverno, com isso a sorveteria terá sempre uma atmosfera aconchegante. Nas noites mais frias, é possível criar uma iluminação indireta com o auxílio de luminárias, dando ao espaço o charme do inverno;
  • O mix do quente com o frio é uma ótima pedida para aquecer as vendas de sorvete no inverno. A ideia aqui é servir o gelato acompanhado de receitas que possuem composições quentinhas, como petit gâteau, brownies, caldas quentes, café na casquinha;
  • Aposte em sabores intensos e especiarias como castanhas, avelã, chocolate, maçã, canela;
  • Seja criativo, receitas com sabores exóticos sempre rendem boas experiências, fondue de sorvete acompanhado por caldas quentes para incrementar o gelato;
  • Parcerias com o setor food service, restaurantes, eventos sociais e festas em geral ajudam a aumentar o faturamento da casa;
  • Aproveite a época para se atualizar e ficar por dentro das novas tendências do mercado;
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.