Marcas locais ganham relevância na pandemia

0 172
Cerveja 1500 – Sidebar

Realizado há 8 anos consecutivos, o ranking Brand Footprint, da Kantar,  acaba de divulgar as marcas mais escolhidas pelos consumidores no Brasil em 2019. Além disso, foi feita uma análise especial sobre o impacto da Covid-19 nesse universo entre janeiro e abril de 2020.

No ano passado, Coca-Cola, Ypê, Italac, Colgate e Tang, nessa ordem, foram as marcas mais escolhidas pelos brasileiros. Foram analisadas mais de 290 marcas no Brasil em 2019, sendo que 86% das Top 50 mudaram de posição no ranking, com destaque para a Oral-B, que ganhou 22 lugares e entrou no Top 50 pela primeira vez, além de Aurora, Quero e Bombril, que subiram 7, 6 e 5 posições, respectivamente.

No que se refere à penetração, o levantamento também concluiu que a marca de sucos Del Valle foi a que mais conquistou novos lares compradores em 2019, (+6,2 pontos percentuais de penetração), o que representa mais de 3,4 milhões de novos compradores, seguida pela Skala (+3,3 milhões de novos lares) e Visconti (+3,1 milhões novos lares).

Entre as cestas, Nissin foi a marca mais escolhida na de Alimentos, enquanto Coca-Cola é a líder entre as Bebidas, Italac entre Lácteos e Substitutos, Ypê para Cuidados com o Lar e Colgate para Cuidados Pessoais.

Em comparação com 2018, o brasileiro aumentou em 4% o valor gasto com compras de bens de consumo massivo, especialmente nos lares com 1 ou 2 pessoas (+6%), monoparentais (+6%) e formados por donas de casa com mais de 50 anos (+5%). Entre os canais de compra, destaque para atacarejos, com crescimento em valor de 12%, e farmácias e drogarias, com 6%.

Reflexo da Covid-19 na escolha das marcas

De janeiro a abril de 2020, quando o mundo já convivia com o impacto da pandemia, 49% das marcas cresceram em CRP (Consumer Reach Point) no Brasil. Nesse contexto, as marcas locais ganharam ainda mais relevância, representando mais de 65% do mercado em valor, contra 64% no mesmo período do ano anterior. Considerando as cestas, Alimentos, Lácteos e Cuidados com o Lar são onde as marcas locais têm mais força, com presença de 84%, 78% e 75%, respectivamente.

Como era de se esperar, com as rigorosas recomendações em relação à higiene no combate ao coronavírus, os gastos com as cestas de Cuidados com o Lar e Cuidados Pessoais cresceram no curto prazo. Os brasileiros gastaram até 11% mais adquirindo produtos da primeira cesta e até 5% mais em relação à segunda. Nesse novo cenário, Tixan, Ypê e Limpol são as Top 3 marcas na preferência nacional para limpeza da casa, enquanto Lux, Close Up e Skala são as mais escolhidas para cuidados pessoais. Entre os produtos, cloro (+52%), esponja de aço (+44%), papel higiênico (+25%) e absorvente higiênico (+12%) registraram os maiores crescimentos em valor.

Ainda considerando as cestas, Aurora, Perdigão e Sadia foram as líderes nas escolhas de Alimentos dos brasileiros nos quatro primeiros meses no ano. Quando o tema é Bebida, Sukita foi a que mais cresceu, depois Coca-Cola e Heineken. Entre os lácteos, o top 3 fica com Piracanjuba, Vigor e Danone, nessa ordem. De forma geral, o Top 10 de marcas que mais ganharam penetração entre janeiro e abril de 2020 no país é composto por Aurora, Lux, Perdigão, Tixan, Piracanjuba, Sadia, Pullman, Parmalat, Gallo e Alto Alegre, nessa ordem.

Segundo o estudo, casais com crianças pequenas, lares monoparentais e com crianças de até 12 anos, além da Classe C, foram os grupos que mais aumentaram seus gastos em valor com FMCG se comparados os índices de janeiro a abril de 2020 com o mesmo período de 2019.

 

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.