SXSW 2019: as startups para ficar de olho

0 330

Entre os dias 8 e 17 de março, a edição de 2019 do South by Southwest (SXSW) reunirá especialistas, empreendedores e empresas que trazem inovação aos mais diversos segmentos. Entre os principais temas, palestrantes e expositores do evento, algumas startups prometem chamar especial atenção.

A pedido de Época NEGÓCIOS, Chris Valentine, responsável pela formação do time de mentores e pela seleção dos empreendedores que irão expor suas soluções em Austin, destacou quatro startups que merecem atenção na edição deste ano. As soluções atendem da agricultura à saúde da mulher e, segundo ele, prometem transformar os seus segmentos de alguma forma.

Bext360

Nomeada pela Forbes como uma das 25 startups AgroTechs mais inovadoras de 2018, a Bext360 desenvolve tecnologias que utilizam blockchain, inteligência artificial (IA) e internet das coisas (IoT) para rastrear commodities em toda a cadeia de suprimentos. Assim, companhias podem acompanhar o progresso de práticas sustentáveis na produção.

“Para mim, essa startup é o que há de melhor com a tecnologia”, afirma Chris Valentine. Segundo ele, o produto proporciona práticas como consumismo consciente, pagamento justo e adoção de padrões éticos.

“Imagine entrar em uma cafeteria e pedir uma xícara de um café especial colombiano proveniente de comércio justo. Você toma um gole do café, que tem um toque de aromas florais de lavanda, e escaneia um QR code do seu recibo com o seu celular. No aplicativo, você vê a jornada de seu café: sua procedência, o agricultor que colheu o produto, as diferentes características do seu café e quanto o agricultor recebeu. Pode até haver uma opção para dar uma gorjeta diretamente ao cafeicultor!”, descreve.

Geospiza

A plataforma integra dados e usa machine learning para gerar análises que apoiam operações de emergência — como, por exemplo, uma evacuação durante um furacão. O sistema é capaz de mapear e ilustrar as vulneralibilidades de situações, informando as intervenções necessárias e ajudando a tomar decisões em tempo real.

“A CEO da Geospiza, Sarah Tuneberg, foi a vencedora do Prêmio de Empreendedor do Ano do Commons on Champa em 2017-2018. A startup tem um ótimo produto e é liderada por uma CEO excepcional”, pontua Valentine.

NODE

A proposta da NODE é unir design, tecnologia e eficiência na construção de casas “radicalmente” sustentáveis e com zero emissão de poluentes. Sua tecnologia também reduz o tempo e o custo da construção, transformando-a em uma verdadeira montagem.

“Penso na NODE como uma empresa radical de sustentabilidade que constrói casas com carbono negativo que são duráveis, eficientes em energia e ecológicas”, diz Valentine.

Kegg

A empresa quer transformar a indústria da fertilidade ao oferecer às mulheres dados sobre seus ciclos menstruais e sua fertilidade, além da possibilidade de entrar em contato com especialistas no tema. Os dados das usuárias também são reunidos e analisados para, segundo a empresa, melhorar os cuidados de prevenção.

“Qualquer coisa que fortaleça as mulheres é uma grande coisa, e a Kegg faz isso com suas ferramentas de fertilidade que oferecem dados e insights”, afirma Valentine. “A Kegg usa suas medições para ajudar a definir a janela de quando as mulheres são mais férteis, dando assim mais controle às mulheres sobre o que elas podem fazer por seus corpos”.

Fonte Época Negócios
Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.