Economia – Newtrade https://newtrade.com.br Fri, 23 Oct 2020 10:38:34 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.5.1 https://newtrade.com.br/wp-content/uploads/2017/03/favicon-newtrade.png Economia – Newtrade https://newtrade.com.br 32 32 Sem insumos, indústria já atrasa suas entregas https://newtrade.com.br/economia/sem-insumos-industria-ja-atrasa-suas-entregas/ https://newtrade.com.br/economia/sem-insumos-industria-ja-atrasa-suas-entregas/#respond Fri, 23 Oct 2020 10:38:13 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1029878

Em 8% dos casos, uma parte grande da demanda já não tem condições de ser atendida.

O post Sem insumos, indústria já atrasa suas entregas apareceu primeiro em Newtrade.

]]>

Os efeitos da falta de bens intermediários para alimentar a produção da indústria já chegam à ponta final do consumo. De acordo com a sondagem realizada pela Confederação Nacional da Indústria (CNI), 44% das fábricas consultadas relataram problemas para atender seus clientes, atrasando entregas ou até mesmo recusando novas encomendas. Em 8% dos casos, uma parte grande da demanda já não tem condições de ser atendida.

Entre as razões dadas pelos industriais, estão a falta de estoques (47%); uma demanda superior à capacidade de produção (41%); impossibilidade de produzir mais (38%) e problemas de logística (13%). Apenas 4% indicaram a inadimplência dos clientes como uma razão para recusar pedidos.

“A economia reagiu em uma velocidade acima da esperada. Assim, tivemos um descompasso entre a oferta e a procura de insumos. E tanto produtores quanto fornecedores estavam com os estoques baixos. Além disso, temos a forte desvalização do real, que contribuiu para o aumento do preço dos insumos importados”, explica o diretor de Desenvolvimento Industrial da CNI, Carlos Abijaodi.

Ainda pela pesquisa, 55% das indústrias só vislumbram uma normalização da oferta a partir de 2021, sendo que 16% não esperam voltar ao normal nos próximos seis meses. Apenas 8% delas acreditam que a situação pode se reverter em até um mês. Os setores mais pessimistas são os de papel e celulose, têxteis, alimentos, extração de minerais não metálicos, produtos de metal e móveis.

Para o presidente da Sociedade Brasileira de Varejo e Consumo (SBVC), Eduardo Terra, a indústria brasileira vive um “desabastecimento crônico” de insumos. “Por enquanto, não percebemos o cenário de desabastecimento na ponta. O varejo e o atacado têm trabalhado para que isso não aconteça.”

Fontes da indústria ouvidas pela reportagem afirmam que, diante do problema, têm buscado soluções alternativas em algumas áreas, como a reutilização de caixas de papelão ou mesmo a substituição por caixas de madeira para o transporte.

Repasse de preços

Além do entrave na distribuição de produtos, um outro risco ronda o varejo: um possível repasse dos aumentos de preços registrados nos últimos meses pelas principais matérias-primas.

Pela sondagem da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), o reajuste ponderado de custos foi de 22,8% de janeiro a agosto deste ano. Já o porcentual das empresas que pretendem repassar esses preços ao consumidor varia de 37,4% (vão repassar totalmente o reajuste) a 58,5% (repasse parcial). Uma alternativa apontada por 60,9% dos consultados foi “buscar outros fornecedores por menor preço”.

“A questão do repasse é sempre um cabo de guerra. Só se repassa o quanto o mercado aguenta, pois há concorrência. Embora estejamos pressionados nos custos, principalmente em razão do câmbio”, diz André Rebelo, economista e assessor de assuntos estratégicos da Fiesp. Ele explica que o poder de repasse limitado da indústria ao consumidor final explica o Índice de Preços ao Produtor Amplo (IPA) ter uma variação maior em relação ao Índice de Preços ao Consumidor Amplo.

“Com o auxílio emergencial, temos uma demanda mais aquecida, enquanto a oferta de produtos é menor. Nessa situação, se o varejo endurecer demais nas negociações, pode ficar sem produtos”, completa Terra.

O post Sem insumos, indústria já atrasa suas entregas apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/economia/sem-insumos-industria-ja-atrasa-suas-entregas/feed/ 0
Procon-SP notifica Nubank e Mercado Pago sobre cadastro para PIX sem aval de clientes https://newtrade.com.br/economia/procon-sp-notifica-nubank-e-mercado-pago-sobre-cadastro-para-pix-sem-aval-de-clientes/ https://newtrade.com.br/economia/procon-sp-notifica-nubank-e-mercado-pago-sobre-cadastro-para-pix-sem-aval-de-clientes/#respond Wed, 21 Oct 2020 10:50:28 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1029816

O Procon-SP também mandou a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) avisar os bancos para não cadastrarem no Pix sem prévia autorização, sob pena de multa por prática abusiva.

O post Procon-SP notifica Nubank e Mercado Pago sobre cadastro para PIX sem aval de clientes apareceu primeiro em Newtrade.

]]>

O Procon-SP informou na segunda-feira (19) que notificou o Nubank e o Mercado Pago para que se expliquem sobre casos de cadastros das chaves de segurança do Pix sem pedidos de clientes e também sobre dificuldades de cancelamento.

A entidade paulista de defesa do consumidor pediu que as empresas respondam por quais canais está sendo ofertado o cadastro no Pix, mostrem como recebem aval dos clientes para registro e como eles podem cancelá-lo, entre outras ações. As companhias receberam prazo de 72 horas para responder.

O Procon-SP também mandou a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) avisar os bancos para não cadastrarem no Pix sem prévia autorização, sob pena de multa por prática abusiva.

A notificação ocorre dias após o Banco Central ter revelado uma lista das instituições com maiores volumes de pedidos de registro no Pix, o sistema instantâneo e ininterrupto de transferências bancárias, que entrará em vigor em novembro.

Ranking do Pix

Segundo o BC, mesmo detendo uma base de clientes muito inferior do que as dos maiores bancos de varejo, Nubank e Mercado Pago juntos lideraram o ranking com folga, com mais de 12 milhões de chaves registradas, de um total de cerca de 30 milhões no país.

Em nota, o Nubank afirmou que todas as chaves foram cadastradas com autorização dos clientes, que isso está documentado e que em um universo de mais de 6 milhões de pessoas com chaves cadastradas, recebeu só duas reclamações. “Essas pessoas foram contatadas e apresentamos com sucesso as evidências de que haviam, sim, dado autorização”, afirmou.

Também em nota, o Mercado Pago disse que seu processo de cadastro das chaves Pix está dentro das regras do Banco Central, respeitando o aval prévio dos clientes. Segundo a companhia, braço financeiro do Mercado Livre, até agora identificou que apenas 0,01% dos mais de 4,5 milhões de cadastros de chaves realizados motivou dúvidas ou reclamações de usuários.

O Mercado Pago disse ainda que criou diversos canais de contato para clientes em casos de dúvidas a respeito.

“Estamos todos em fase de aprendizado e atuando de maneira colaborativa para o sucesso da nova ferramenta”, disse na nota.

O post Procon-SP notifica Nubank e Mercado Pago sobre cadastro para PIX sem aval de clientes apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/economia/procon-sp-notifica-nubank-e-mercado-pago-sobre-cadastro-para-pix-sem-aval-de-clientes/feed/ 0
36 eventos online para empreendedores que acontecem nesta semana https://newtrade.com.br/economia/36-eventos-online-para-empreendedores-que-acontecem-nesta-semana/ https://newtrade.com.br/economia/36-eventos-online-para-empreendedores-que-acontecem-nesta-semana/#respond Tue, 20 Oct 2020 11:07:16 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1029791

Confira uma lista com cursos e eventos que serão disponibilizados online ao longo desta semana para ajudar quem tem ou quer começar um negócio

O post 36 eventos online para empreendedores que acontecem nesta semana apareceu primeiro em Newtrade.

]]>

A crise pode ser uma oportunidade. Com a pandemia de coronavírus, muitas associações, empresas e universidades estão organizando eventos online para ajudar o empreendedor que está precisando se reinventar.

Confira uma lista de eventos que vão acontecer ao longo da semana.

 

1 – CASE Startup Summit 2020

Data: de 19 a 23 de outubro
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

A Associação Brasileira de Startups (Abstartups), a ACATE e o SEBRAE anunciam o CASE Startup Summit 2020, maior evento de startups e empreendedorismo da América Latina, que acontece entre 19 e 23 de outubro. Para gerar tração e engajamento, o encontro apresentará conteúdos 24h por dia com a participação de fundadores e presidentes dos atuais e potenciais unicórnios brasileiros, além de palestrantes internacionais, tal como representantes do iFood, Nubank, 500 Startups, TechStarts e Mercado Livre. Além disso, a edição 2020 contará com sessões exclusivas de mentorias ao vivo com as principais aceleradoras nacionais: Inovativa Brasil, ACE Startups e Darwin Startups.

2 – FÓRUM RNP 2020 Digital

Data: de 19 a 21 de outubro, das 9h às 18h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), vinculada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI), anuncia a 9ª edição do Fórum RNP, encontro que promove um amplo debate sobre transformação digital e o uso e a gestão das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) para finalidade de ensino, pesquisa e inovação. Para nortear as conversas, o tema escolhido foi “Encontro com o Futuro”, com o foco nos desafios que estamos vivendo em 2020.

3 – Orientações Estratégicas do Programa Voa Varejo

Data: dia 19 de outubro
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Para ajudar os empreendedores a elaborar estratégias para seus negócios e enfrentarem o cenário econômico adverso, o Senac RJ e o Sebrae Rio criaram o programa Voa Varejo. Ele é uma ação gratuita para os empresários pautada no fortalecimento das relações comerciais, qualificação profissional e planejamento a curto, médio e longo prazos. A partir do dia 19 de outubro, o programa iniciará uma nova etapa, com orientações estratégicas em cinco áreas, ministradas online por especialistas do mercado e focadas nas necessidades de cada grupo de empresários.

4 – O Campeão – Jornada Épica de Empreendedorismo

Data: dia 19 de outubro
Custo: 97 reais
Inscrições: pelo site

Priscila Guskuma, especialista em estratégia de negócios e treinadora comportamental, ministra essa websérie que busca desenvolver e aprimorar os empreendedores nos seguintes pilares: inteligência emocional, liderança, vendas, gestão do tempo vs. procrastinação, automotivação e bloqueios.

5 –  Black Friday: como se preparar para essa data

Data: dia 19 de outubro, às 11h
Custo: gratuito
Onde: pelo Instagram

A live ‘Black Friday: como se preparar para essa data’ é uma iniciativa da Andressa Rando Favorito, especialista em gestão de negócios de moda, que tem o objetivo de auxiliar pequenos e médios varejistas do setor de vestuário a entenderem os melhores caminhos para otimizar as vendas neste período que é um dos mais quentes para o comércio.

6 – 21º Encontro de Investidores do Programa CoVida20

Data: dia 19 de outubro, às 18h30
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Organizado pela Trê Investindo com Causa, o evento tem como foco apresentar o CoVida20, um programa de financiamento de pequenos negócios de impacto, comprometidos com a manutenção de emprego e renda durante a crise da covid-19. O evento, apresentado por Lívia Galasso, vai mostrar a plataforma de empréstimo direto, as oportunidades de investimentos disponíveis, o uso consciente do dinheiro e dicas para os negócios.

7 – Programa Gerdau Transforma – São Paulo e Rio Grande do Sul

Data: de 19 a 23 de setembro, das 18h às 21h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

O curso tem como objetivo capacitar cerca de 600 novos empreendedores na cidades de São Paulo (SP), Sapucaia do Sul e Charqueadas (RS) por meio de uma formação gratuita e online. A partir da metodologia By Necessity®, desenvolvida pelo Instituto Besouro, a capacitação apoia jovens e pequenos empreendedores a ingressar no mercado de trabalho por intermédio do empoderamento e fortalecimento individual. Além de ensinar as bases para começar uma empresa, como abertura de CNPJ, definição do público-alvo, noções de lucro, investimento e fluxo de caixa. Ao todo, são 10 etapas de ensino para que o aluno finalize o curso com o plano do futuro negócio nas mãos. Para participar é preciso ter entre 18 e 29 anos, estar matriculado ou ter frequentado escola pública, vontade de empreender, possuir uma ideia de negócio e viver em zonas periféricas.

8 – Leadership Conference

Data: entre os dias 19 e 23 de outubro
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Com a presença de líderes e gestores de empresas como iFood, Coca Cola, Bayer, LATAM, entre outros, a plataforma de RH Sólides e a empresa de inovação Transformação Digital promovem o “Leadership Conference”, evento gratuito sobre desenvolvimento de lideranças.

Data: de 19 a 23 de outubro
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Organizada pelo Grupo BITTENCOURT, a iniciativa tem o objetivo de fomentar a recuperação das empresas e reunirá grandes nomes do mundo dos negócios como: Natura, Grupo Boticário, Magazine Luiza, Unilever, Reserva, Chilli Beans, Hering etc. Transformação digital, a nova fase do comércio online, gestão e liderança, internacionalização e businesses exchanges, diversidade nas empresas, comportamento do consumidor, expansão, fundos de investimento e outras questões do universo das empresas dos mais diversos segmentos serão abordadas pelo palestrantes.

10 – Heineken Apresenta: Balaclava Digital

Data: de 19 até 25 de outubro, das 18h até 22h
Custo: gratuito
Onde: pela Twitch

Fruto da parceria entre a marca Heineken e a Balaclava Records, o festival online Balaclava Digital acontecerá com transmissões na Twitch durante toda a semana. Criado para ser uma plataforma multicultural, o evento promoverá encontros inéditos entre artistas da música indie nacional e estrangeira e outros profissionais relevantes na indústria fonográfica para debater temas como a produção musical, panorama do mercado atual, diversidade nos festivais, música de vanguarda e assuntos relacionados ao entretenimento e à consciência contemporânea.

11 – ABF Expo Digital Santa Catarina

Data: de 20 a 22 de outubro, das 8h30 às 22h30
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

A Associação Brasileira de Franchising (ABF) escolheu Santa Catarina para a terceira edição da sua feira online regional oficial. O evento visa atender os potenciais investidores do estado e impulsionar ainda mais o desenvolvimento do setor de franquias. A plataforma possibilitará ao visitante trocar experiências e conhecer as marcas expositoras em rodadas de negócios virtuais individuais pré-marcadas. Os visitantes poderão também buscar conhecimento sobre os conceitos do franchising em palestras virtuais com alguns dos principais especialistas do setor no país. Serão apresentados seis temas com duas sessões por dia, abordando questões gerenciais, administrativas e jurídicas do franchising.

12 – 7º Café com Empreendedoras de Santos – Online

Data: dia 20 de outubro, às 10h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

O Café com Empreendedoras é uma oportunidade de conhecer outras empresárias, aumentar seu networking, divulgar sua empresa e ainda contar com conteúdo super rico e histórias inspiradoras. Nesta edição, Lorena Gutierrez, diretora da NTW Contabilidade e Gestão Empresarial, irá apresentar uma palestra com sete motivos porque os negócios falham.

13 – Papo de CEO

Data: dia 20 de outubro, às 15h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

A 11ª rodada do Papo de CEO, promovida pela ANPEI, terá a participação de Manfredo Rübens, presidente para América do Sul da BASF. Com o tema “Transformação digital da empresa e da sua cadeia de valor”, o executivo irá falar sobre como a inovação está presente na estratégia da empresa, considerando as oportunidades da incorporação de tecnologias digitais para alavancar os negócios da companhia e de toda a cadeia. O evento será mediado por Heloísa Menezes, especialista em Relações Institucionais e consultora na ANPEI.

14 – Webinar Gestão Pública Talks – Estratégias Digitais para Governo #3

Data: dia 20 de outubro, às 15h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

O encontro virtual faz parte da série “Gestão Pública Talks”, que destaca a transformação do papel para o digital em diversas esferas da Gestão Pública e gera insights e reflexões para governos e gestores públicos. Neste webinar será destaque como transformar digitalmente a gestão e fiscalização da faixa de domínio – áreas laterais das estradas e rodovias, que envolvem questões de infraestrutura, exploração comercial e geração de empregos, além de gerar arrecadação aos Estados para a manutenção viária das rodovias estaduais. O debate será mediado por Rafael Scala, gerente de contas na Softplan, e terá como convidados Elisa Quint de Souza Oliveira, gerente de Faixa de Domínio de Santa Catarina; e Lucas Farias, diretor de Faixa de Domínio do Distrito Federal.

15 – Do Campo ao Copo – Cervejas

Data: dias 21 e 22 de outubro, às 9h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Do Campo ao Copo – Cervejas será um primeiro grande evento em plataforma digital sobre a temática do mercado de cervejas no Brasil. Organizado pela startup Congresse.me, o evento lança um olhar sobre temas como: mercado de cervejas artesanais, o efeitos da pandemia no mercado de cervejas, o papel das artesanais no varejo, as plataformas digitais de comercialização, receitas de sucesso e estratégias de diferenciação.

16 – Revolucione a Experiência dos Hóspedes com a OYO

Data: dia 21 de outubro, às 14h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Uma das maiores preocupações das redes hoteleiras é causar uma boa impressão aos seus clientes. Hotéis com boas estratégias de serviço retem 92% dos seus clientes. Diante disso, em um webinar gratuito, Laura Lott, consultora de operações OYO, irá compartilhar as melhores práticas para surpreender positivamente seus hóspedes e criar experiências únicas que serão convertidas em boas avaliações e mais vendas.

Data: dia 21 de outubro, às 18h
Custo: gratuito
Onde: no Instagram

Na live desta semana, Pedro Rabelo, diretor do Bagy, plataforma que ajuda pequenos e médios varejistas a criarem seus próprios e-commerces, recebe Luísa Morato, advogada e empreendedora, que vai contar como transformou uma camiseta básica em um item de desejo de consumo e faturou 4 milhões de reais no primeiro ano de seu e-commerce, a Camys.

18 – Por que Startups aceleram grandes empresas?

Data: dia 21 de outubro, às 17h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Qual o objetivo das grandes empresas ao interagir com startups? Esse webinar terá como foco a interação e os benefícios entre grandes empresas e startups. Para explicar essa relação e compartilhar as melhores dicas, a live contará com a participação de Pedro Teixeira, diretor de aceleração da Troposlab, Diego Mariano, presidente da startup BirminD, e Gustavo Brigatto, fundador e editor do Startups.com.br.

19 – Mídia e e-commerce combinados: estratégias de mídia para alavancagem de negócios

Data: dia 22 de outubro, às 17h30
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Para abordar falar sobre as estratégias de mídia para negócios digitais, a B2W Summit’20 convidou Priscila Marins, diretora de mídia e marketplace da Enext para um evento online. Junto com ela, estarão Débora Sabiussi, VP of perfomance & data hub e Alexandra Mendonça, gerente geral do B2WADS.

20 – Educação socioemocional com Augusto Cury

Data: dia 21 de outubro, às 18h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

O evento vai discutir temas que envolvem a qualidade de vida e o bem-estar dos professores, alunos e famílias em época que o ensino remoto foi substituído pelas aulas tradicionais. A ideia é contribuir para que todos possam estar preparados para o novo normal dentro do ensino. Para que o próximo ano letivo corra bem, é importante que haja essa comunicação e alinhamento entre escolas e famílias.

21 – Magnetis Update 2020

Data: dia 21 de outubro, às 18h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

A fintech Magnetis apresenta no dia 21 de outubro uma nova experiência de investimentos, inédita no mercado brasileiro. Além da novidade e integração com sua corretora própria, a empresa ainda apresentará novidades na estratégia de investimentos, em produtos financeiros e a chegada do segmento Private.

22 – Como encantar e multiplicar multiplicar resultados

Data: dia 21 de outubro, às 18h30
Custo: gratuito
Onde: pelo Instagram

​​Para o mês de outubro, a Leo Learning Brasil escolheu o tema de vendas para seus eventos. No dia 21, André Slivnik, vice presidente, da ABTD, aborda o assunto junto com o Richard Vasconcelos, presidente da Leo Learning.

23 – Storytelling com Dados

Data: dia 22 de outubro, às 10h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Sabe quando você vai contar uma história para alguém e não consegue se lembrar exatamente de detalhes como nomes ou dados, mas nunca vai se esquecer do que aconteceu? Isso ocorre porque as pessoas são muito mais apaixonadas por narrativas do que por números ou informações brutas. A habilidade de transformar dados em conhecimento é algo imprescindível para um profissional que deseja tornar as estratégias de sua empresa mais inteligentes e as tomadas de decisão, assertivas. E a melhor forma de impactar um interlocutor ou público de qualquer tamanho é contando uma boa história. No dia 22 de outubro, a BIX Tecnologia vai oferecer um webinar que vai te ensinar como dominar essa habilidade e combiná-la com um design estratégico.

Data: dia 22 de outubro, às 11h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

O escritório Zilveti Advogados segue a série de lives sobre aspectos jurídicos de diversas áreas de atuação econômica, dessa vez abordando a Lei da Liberdade Econômica. Para a próxima live, Fernando Zilveti e Marcela Cavallo recebem Armando Rovai, advogado e professor da PUC-SP e Mackenzie. O trio vai debater a respeito dos reflexos que a legislação promete trazer à atividade empresarial e à economia, além de discutir também o entendimento jurisprudencial sobre o assunto.

25 – A Black Friday e o transporte de encomendas

Data: dia 22 de outubro, às 15h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Miguel Petribu, presidente da Enviabybus, conversa com Valter Silva, gerente de negócios da Praxio, sobre como o mercado de entregas via bagageiros de ônibus pode ser útil na Black Friday deste ano. A previsão de 2020 é que as compras no e-commerce liderem por conta do momento atual vivido pelo país, com as pessoas em casa por conta de uma pandemia. Dessa forma, a modalidade aparece como uma boa alternativa para todos, já que o custo de frete é menor e as companhias rodoviárias podem aumentar consideravelmente seu faturamento nesse período.

26 – Young Women Summit

Data: dia 22 de outubro, às 17h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Maitê Lourenço, presidente da BlackRocks Startups, vai participar do painel “Fintechs & Empreendedorismo Financeiro” no Young Women Summit , um evento que tem como objetivo atrair e incluir mais jovens mulheres para o mercado financeiro.

27 – Agibank Experience Live | Edição Dia da Inovação

Data: dia 22 de outubro, às 18h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

O dia 19 de outubro é o Dia da Inovação. Para celebrar a data e destacar a importância do tema, o Agibank promove um evento virtual aberto ao público para falar como a inovação faz parte da vida dos 50+ e como ela pode facilitar sua vida – otimizando experiências, incluindo financeira e digitalmente.

28 – O que o RH pode aprender com as startups?

Data: dia 22 de outubro, às 19h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Presidentes de três importantes startups de recursos humanos (Marcelo Furtado, da Convenia, Francisco H. de Mello, da Qulture Rocks, e Frederico Lacerda, da Pin People) discutem com Felipe Collins, sócio da empresa de tecnologia ACE, sobre o que o RH de qualquer porte de empresa pode aprender com a cultura das startups para melhorar seu desempenho. O encontro faz parte de uma série de lives promovida pela Exame Academy em parceria com a ACE.

29 – Cultura Data Driven nos negócios

Data: dia 22 de outubro, às 19h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

A SGA Tecnologia Inteligente, empresa especializada em soluções de tecnologia em nuvem, promoverá o webinar “Cultura Data Driven nos Negócios”, com a presença do Anderson Amaral, diretor de ciência de dados na ScoraS, e Armindo Sgorlon, presidente da SGA Tecnologia. Os especialistas vão conversar sobre a importância das empresas adotarem uma cultura Data Driven e como elas podem ser determinantes na tomada de decisão de diferentes áreas.

30 – Diversidade na Tecnologia do Mercado Financeiro

Data: dia 22 de outubro, a partir das 19h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

No próximo dia 22 de outubro, a Hash, fintech do setor de meios de pagamento, promove o debate “Diversidade na Tecnologia do Mercado Financeiro: Como Diminuir o Gap de Gênero”, em parceria com a PrograMaria, startup que tem como missão empoderar mulheres com tecnologia e programação, oferecendo soluções para que as empresas promovam diversidade. O objetivo do encontro é explorar o cenário do mercado financeiro dentro do recorte de tecnologia e debater incentivos e oportunidades que as empresas podem oferecer para tornarem o ambiente de trabalho mais inclusivo.

31 – Outubro Rosa: os desafios e alegrias das empreendedoras de saúde

Data: dia 22 de outubro, das 19h às 21h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Milene Rosenthal, psicóloga e cofundadora da Telavita, clínica digital que tem como objetivo conectar pacientes a profissionais da psicologia de todo país, é uma das convidadas do 22º meet up do Cubo Health, um bate-papo que abordará os desafios de ser uma mulher empreendedora na área da saúde. Além de Milene, a conversa também conta com a participação de mais quatro das empreendedoras presentes no Cubo Itaú, são elas: Ana Elisa (presidente da GSC Integradora), Maria Carolina Dassie (Hisnek), Luciana Lessa (Medicinae) e Lívia Cunha (Cuco Health).

32 – Mentoria ÉDITODOS – “Liderando empreendimentos de Impacto”

Data: dia 22 de outubro, às 20h
Custo: gratuito
Onde: pelo Instagram

A partir desta quinta-feira, a coalizão ÉDITODOS realiza uma série de lives com foco em afroempreendedorismo que serão comandadas a cada semana por um representante das seis organizações a frente da iniciativa, Agência Solano Trindade, Afrobusiness e Feira Preta , FA.Vela Instituto Afrolatinas e Vale do Dendê. Com o tema “Liderando empreendimentos de Impacto”, a primeira live terá participação de Tatiana Silva, cofundadora e diretora do FA.VELA, que convida Raíssa Haizer, empreendedora e idealizadora do Mania de Tesoura.

33 – Palestra do Fim um Começo

Data: dia 22 de outubro, às 20h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Elis Ferraz é mentora e especialista em neuro-associação e através de suas mentorias têm mudado vidas. Após viver a experiência de uma doença terminal, usou sua metodologia e conseguiu usar isso como força para desenvolver seu grande projeto que tem transformado a história de muitas pessoas. A palestra Do Fim Um Começo, é voltada para profissionais que enfrentem momentos de dificuldade dentro do seu negócio.

Data: dia 22 de outubro, às 20h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Com o intuito de conectar a alta-costura brasileira com o mundo, o evento Brazil Noble surge com a proposta de apresentar e lançar a indústria da moda de luxo nacional no Oriente Médio durante o Arab Fashion Week (AFW) 2020. O desfile será transmitido digitalmente nesta edição no dia 22 de outubro e contará com a presença de cinco estilistas conceituados e reconhecidos no mercado brasileiro.

35 – B2Mamy START Online powered by Google for Startups – 50ª edição

Data: dia 23 de outubro, das 10h às 17h30
Custo: gratuito (fase 1 sem mentoria) ou 289 reais (conteúdo fase 1 e 2 com mentoria)
Inscrições: pelo site

Muitas vezes, a empreendedora se vê sozinha na sua jornada, com muitas ideias e planos, mas sem a clareza necessária para colocar as coisas efetivamente em prática. A B2Mamy constrói toda a jornada focada em mães, levando em consideração um dado importante que metade das mulheres não voltam ao mercado de trabalho após o início da licença maternidade. O Start foi elaborado para diminuir esse gap no mercado, ajudar na capacitação de mulheres, tirar seus negócios do papel ou até mesmo contribuir para voltarem ao mercado de trabalho mais confiantes. O programa funciona em duas fases: a primeira é um dia intenso de palestras e aulas práticas para todas as inscritas e a segunda parte diz respeito às mentorias e conteúdos específicos para efetivamente tirar as ideias do papel.

36 – Blue Monday – Vendas online e offline na Black Friday

Data: dia 23 de outubro e 6 de novembro, às 14h
Custo: gratuito
Inscrições: pelo site

Curso online e gratuito para o pequeno empreendedor que deseja alavancar suas vendas e faturar mais durante o período de Black Friday 2020. Participação especial do fundador da Black Friday no Brasil, Pedro Eugênio e Christopher Neiverth, head de digital na marca Reserva e responsável por operar mais de dez E-commerces acumulando mais de 500 milhões de reais em vendas e 15 milhões de reais em Marketing Digital.

O post 36 eventos online para empreendedores que acontecem nesta semana apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/economia/36-eventos-online-para-empreendedores-que-acontecem-nesta-semana/feed/ 0
E-commerce deve crescer 27% na temporada de compras de final de ano https://newtrade.com.br/economia/e-commerce-deve-crescer-27-na-temporada-de-compras-de-final-de-ano/ https://newtrade.com.br/economia/e-commerce-deve-crescer-27-na-temporada-de-compras-de-final-de-ano/#respond Tue, 20 Oct 2020 10:55:21 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1029785

Os dados, que são baseados em centenas de milhões de transações de comércio eletrônico de comerciantes globais, também projetaram um aumento de 40% nas compras online e retirada na loja (BOPIS) ou click-and-collect.

O post E-commerce deve crescer 27% na temporada de compras de final de ano apareceu primeiro em Newtrade.

]]>

As transações globais de e-commerce durante o período de festas entre outubro e dezembro devem aumentar 27%, em relação ao mesmo período do ano passado, segundo novos dados de comparação da ACI Worldwide, divulgados nesta segunda-feira (19).

Os dados, que são baseados em centenas de milhões de transações de comércio eletrônico de comerciantes globais, também projetaram um aumento de 40% nas compras online e retirada na loja (BOPIS) ou click-and-collect.

“Embora várias lojas físicas tenham fechado devido à pandemia, seus sites de e-commerce continuam disponíveis. Por outro lado, algumas lojas que reabriram não têm visto muito tráfego de pessoas devido à preocupação dos consumidores com grandes multidões. Portanto, como os consumidores passam mais tempo em casa, esperamos que o BOPIS seja o principal canal de entrega que os consumidores vão utilizar para fazerem suas compras de fim de ano”, disse Debbie Guerra, vice-presidente executiva da ACI Worldwide.

“Além disso, ao entrarmos na temporada de compras de final de ano, vemos consumidores iniciando suas compras no início de outubro como resultado de preocupações com a falta de estoque, bem como atrasos no envio, mas também porque os comerciantes estão fornecendo vendas e negócios no início do ano”, continua Guerra.

Mais compras e mais fraudes no e-commerce

As transações globais de comércio eletrônico aumentaram 21% em setembro de 2020 em comparação com setembro de 2019, de acordo com os dados da ACI. Além disso, os fraudadores continuaram a comprar itens de maior valor, tais como tentativas de compra de produtos eletrônicos fraudulentos, cujo valor de compra aumentou para US$ 9 em 2020 em comparação com 2019.

“Esperamos que o canal de entrega BOPIS cresça tanto para os consumidores genuínos quanto para os fraudulentos, pois os comerciantes, grandes e pequenos, continuam acrescentando isto como uma nova opção devido à pandemia”, continuou Guerra.

“O uso acelerado dos canais de pagamento digitais devido à pandemia resultou tanto em transições entre canais, como o BOPIS, quanto na eliminação das fronteiras entre os próprios canais — como o uso de dispositivos móveis e o check-out móvel dentro de lojas físicas”, afirma a executiva.

Ainda segundo Guerra, “este movimento em direção ao digital abriu um caminho para expandir o alcance do mercado dos comerciantes, melhorando a experiência da trajetória de compra — mas também significa uma maior exposição à fraude, para a qual os comerciantes devem estar preparados à medida que avançamos na temporada de férias”, finaliza.

Tendências de compras online:

• Os setores que continuam a experimentar grandes aumentos nas compras em setembro incluem os games (aumento de 71%) e o varejo (aumento de 45%).

• Os setores que continuam experimentando grandes diminuições nas compras em setembro incluem viagens (diminuição de 21%) e venda de passagens (diminuição de 75%).

• O preço médio dos tickets de compras genuínas caiu US$ 26 em 2020 em comparação com 2019.

• O volume de compras aumentou YoY em todas as regiões impulsionado por itens de volta às aulas, tais como roupas, conteúdo de aprendizagem online, artigos de papelaria, eletrônicos e DIY: os EUA subiram 17% e o EMEA está acima de 8%.

Tendências de fraude no e-commerce:

• O valor transacional das tentativas de fraude aumentou 0,4% em setembro, impulsionado pelas compras de eletrônicos, sendo a compra on-line com coleta na loja o canal de escolha dos fraudadores.

• Impulsionado pelo setor de eletrônicos, o preço médio dos ingressos para tentativas de fraude aumentou em US$ 9 no período de janeiro a setembro de 2020, em comparação com o mesmo período em 2019.

• Os estornos* sem fraude aumentaram 12% em setembro de 2020 em comparação com setembro de 2019; isto tem aumentado a uma taxa decrescente com base nos meses entre março e julho.

*Como os estornos levam aproximadamente 45 dias para serem processados, os dados completos mais atuais são de agosto de 2020.

O post E-commerce deve crescer 27% na temporada de compras de final de ano apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/economia/e-commerce-deve-crescer-27-na-temporada-de-compras-de-final-de-ano/feed/ 0
Estudo mostra mudança de hábitos alimentares durante a pandemia https://newtrade.com.br/economia/estudo-mostra-mudanca-de-habitos-alimentares-durante-a-pandemia/ https://newtrade.com.br/economia/estudo-mostra-mudanca-de-habitos-alimentares-durante-a-pandemia/#respond Mon, 19 Oct 2020 10:52:43 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1029761

Esses resultados são o recorte do estudo que começou em janeiro de 2020 e pretendem conhecer o impacto da pandemia da covid-19 sobre o comportamento alimentar da população no período da pandemia

O post Estudo mostra mudança de hábitos alimentares durante a pandemia apareceu primeiro em Newtrade.

]]>

As primeiras análises de um dos maiores estudos em alimentação e saúde do país mostraram um aumento generalizado na frequência de consumo de frutas, hortaliças e feijão (de 40,2% para 44,6%) durante a pandemia da covid-19.

Ao mesmo tempo, indicou que nas regiões Norte e Nordeste e entre pessoas de escolaridade mais baixa houve aumento no consumo de alimentos ultraprocessados, produtos industrializados que contêm adição de muitos ingredientes, como açúcares, sais, adoçantes, corantes, aromatizantes e conservantes.

Para os pesquisadores do NutriNet Brasil, o estudo feito pelo Núcleo de Pesquisas Epidemiológicas em Nutrição e Saúde da Universidade de São Paulo (USP), que envolveu os primeiros 10 mil participantes da pesquisa, os resultados sugerem desigualdades sociais na resposta do comportamento alimentar à pandemia.

Esses resultados são o recorte do estudo que começou em janeiro de 2020 e pretendem conhecer o impacto da pandemia da covid-19 sobre o comportamento alimentar da população no período da pandemia.

Para essa análise, o NutriNet Brasil aplicou o mesmo questionário alimentar em dois momentos: entre 26 de janeiro e 15 de fevereiro (antes da pandemia) e entre 10 e 19 de maio (durante a pandemia). Foi questionado o consumo de uma série de alimentos no dia anterior ao preenchimento do formulário.

A amostra é representada, em sua maioria, por jovens adultos, de 18 a 39 anos (51,1%), mulheres (78%), residentes da região Sudeste do Brasil (61%) e com nível de escolaridade superior a 12 anos de estudo (85,1%).

O coordenador do NutriNet Brasil, o professor Carlos Monteiro, ressaltou que o aumento do consumo dos ultraprocessados pode ser resultado da intensificação da publicidade neste período, e que esse tipo de produto favorece doenças crônicas que aumentam a letalidade da covid-19. Já o consumo de alimentos in natura ou minimamente processados fortalece os mecanismos de defesa do organismo.

“A mudança positiva no comportamento alimentar poderia ser explicada por alguns fatores. As novas configurações causadas pela pandemia na rotina das pessoas podem ter as estimulado a cozinharem mais e a consumirem mais refeições dentro de casa.

Além disso, uma eventual preocupação em melhorar a alimentação e, consequentemente, as defesas imunológicas do organismo poderiam ser consideradas”, disse o professor.

Segundo a professora Renata Bertazzi Levy, do Departamento de Medicina Preventiva da Faculdade de Medicina da USP e pesquisadora do estudo, no segundo período de coleta de dados, grande parte do país havia mudado completamente a rotina no meio da pandemia e o aumento do consumo de ultraprocessados é uma diferente resposta das pessoas à pandemia em extratos menos ou mais favoráveis.

“Esses alimentos são preocupantes porque estão associados a vários desfechos em saúde já constatados, como obesidade diabetes, aumento da pressão cardiovascular que são doenças que agravam o quadro de covid, então precisamos ficar atentos para reverter essa situação São sabemos o motivo da alteração da alimentação mas acreditamos que, no caso da melhoria, isso ocorreu porque as pessoas começaram a comer mais dentro de casa, então as pessoas começaram a cozinhar mais dentro de casa e menos expostos aos ultraprocessados e a busca da melhor imunidade para defesa contra o vírus”, disse.

Alimentos Supermercados Consumo

Além disso, uma eventual preocupação em melhorar a alimentação e, consequentemente, as defesas imunológicas do organismo poderiam ser consideradas”, disse o professor.

Renata reforçou ainda que a pesquisa tem duração de dez anos com o acompanhamento de 200 mil voluntários. Até o momento são 80 mil participantes.

O post Estudo mostra mudança de hábitos alimentares durante a pandemia apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/economia/estudo-mostra-mudanca-de-habitos-alimentares-durante-a-pandemia/feed/ 0
E-commerce no Brasil continua em alta no 3º trimestre de 2020 https://newtrade.com.br/economia/e-commerce-no-brasil-continua-em-alta-no-3o-trimestre-de-2020/ https://newtrade.com.br/economia/e-commerce-no-brasil-continua-em-alta-no-3o-trimestre-de-2020/#respond Fri, 16 Oct 2020 13:40:26 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1029720

Com o estudo Neotrust | Movimento Compre & Confie, ainda é possível identificar que a faixa etária que liderou as compras online no 3T20 está concentrada em consumidores entre 36 e 50 anos, representando 33% do total.

O post E-commerce no Brasil continua em alta no 3º trimestre de 2020 apareceu primeiro em Newtrade.

]]>

Estudo sobre vendas no terceiro trimestre de 2020 realizado pela Neotrust|Compre&Confie mostram que durante o 3º trimestre de 2020 o faturamento do e-commerce no Brasil já superou o faturamento total de 2019. André Dias, CEO da Neotrust, destaca: “Superar o total de do ano passado durante o 3º trimestre do ano realmente é algo surpreendente, pois ainda não chegamos no período mais importante para o setor que inclui a Black Friday e Natal”.

O isolamento social certamente foi o grande impulsionador para este processo de transformação do varejo digital brasileiro. Somente no terceiro trimestre deste ano, mais de 4,7 milhões de novos usuários realizaram a sua primeira compra online, totalizando um número de consumidores únicos no 3º trimestre de mais de 23 milhões. Se compararmos com o mesmo período do ano passado, registramos um crescimento de 60% no total de compradores único, pois em 2019 apenas 14 milhões de brasileiros compraram online no período.

Com o estudo Neotrust | Movimento Compre & Confie, ainda é possível identificar que a faixa etária que liderou as compras online no 3T20 está concentrada em consumidores entre 36 e 50 anos, representando 33% do total. A categoria de Moda e Acessórios continua sendo a mais comprada, com mais de 16 milhões de consumidores realizando compras em média de R$ 145,00.

O post E-commerce no Brasil continua em alta no 3º trimestre de 2020 apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/economia/e-commerce-no-brasil-continua-em-alta-no-3o-trimestre-de-2020/feed/ 0
Pão de forma se consolida entre as classes D/E com 70% de penetração dos lares brasileiros https://newtrade.com.br/economia/pao-de-forma-se-consolida-entre-as-classes-d-e-com-70-de-penetracao-dos-lares-brasileiros/ https://newtrade.com.br/economia/pao-de-forma-se-consolida-entre-as-classes-d-e-com-70-de-penetracao-dos-lares-brasileiros/#respond Fri, 16 Oct 2020 10:34:58 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1029709

Em comemoração ao Dia Mundial do Pão (16 de outubro), pesquisa revela mais de 6 milhões de novos consumidores da categoria

O post Pão de forma se consolida entre as classes D/E com 70% de penetração dos lares brasileiros apareceu primeiro em Newtrade.

]]>

Hoje, 16 de outubro, é celebrado o Dia Mundial do Pão e para marcar a data, a ABIMAPI (Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados), em parceria com a consultoria Kantar WorldPanel, divulgam dados sobre os hábitos de consumo dos pães industrializados durante a pandemia.

Desde o início da quarentena, os comportamentos e hábitos de consumo foram profundamente impactados. O pão de forma, por exemplo, sempre foi puxado pelo consumo das classes A/B, totalizando uma penetração de 80% dos lares brasileiros. O que ninguém esperava é que com a preferência dos consumidores por alimentos práticos, com maior shelf life e maior quantidade de refeições realizadas em casa, esse cenário iria mudar.

O estudo analisou uma mostra de 11.300 lares que retratam um universo de 53 milhões de famílias espalhadas por sete macrorregiões. Quando comparados o 1º quadrimestre versus o 2º quadrimestre de 2020, os dados destacam que pela 1ª vez a busca por pão industrializado nas classes D/E aumentou 11%, chegando a uma penetração de 70%. Ou seja, a cada ponto percentual registrado, são 570 mil novos lares consumindo o alimento. “Este novo momento de consumo atrelado a busca mais intensa por produtos de categorias de alto giro foi essencial para a consolidação destas classes dentro do mercado de consumo. Com a nossa longa experiência, acreditamos que depois que o mercado atingiu esse patamar de operação, dificilmente ele sairá do carrinho dos consumidores”, explica Raquel Ferreira, Client & New Business Director BR da Kantar Worldpanel.

Passado o cenário de extrema incerteza, a necessidade de se estocar caiu e compras menores seguem em destaque do consumo In Home. É por meio dos mais jovens e da classe D/E que o consumo dentro do lar também incrementa sua penetração de uso semanal do pão industrializado. As pessoas estão indo mais à cozinha, porém o tempo está sendo crucial e os consumidores acabam optando por menus mais simples, com pratos que levam até 20 minutos para o preparo. Dentro do conceito de menu rápido, o sanduíche se destaca com o aumento de 34% das ocasiões de consumo por ser um alimento barato, prático e nutritivo. O café da manhã lidera com crescimento de 14%, os frios (presunto e queijo), seguidos de requeijão, estão entre os acompanhamentos preferidos da ocasião, seguido dos períodos do almoço (12%) e jantar (11%).

De acordo com Claudio Zanão, presidente da ABIMAPI, “o pão industrializado é uma opção nutritiva, saborosa e muito prática de alimento, que ocupa um papel cada vez mais importante na vida corrida de hoje. Atentos a isso, os fabricantes estão ampliando sua gama de produtos para focar nas diferentes necessidades das famílias e atender desde os consumidores que buscam saudabilidade até aqueles que se orientam pelo preço e quantidade das porções”, diz.

Entre os canais de compra que se sobressaíram está o atacarejo com 35% da preferência dos lares brasileiros, quando comparado o 2º quadrimestre deste ano com o mesmo intervalo do ano passado. Esse aumento equivale a 2,2 milhões de novos lares que passaram a comprar itens de cesta básica nos atacarejos. As categorias mais compradas nesse segmento de varejo são pão industrializado, salgadinhos, biscoito, refrigerante, leite UHT, filtro de papel, leite em pó, linguiça, creme de leite e açúcar. De acordo com a Kantar, esse canal de abastecimento respondeu por 75% das vendas dessas categorias. “Em relação às marcas, os destaques são aquelas com atuação local, a preferência é em função da comodidade do estabelecimento ser mais próximo de casa e pelo número menor de pessoas no ambiente, o que implica em evitar aglomerações”, conclui Raquel.

Só no 1º quadrimestre de 2020 a categoria de pães industrializados registrou um aumento de 6,2% em faturamento e 7,1% em volume (R﹩1,8 bilhão e 143 mil toneladas). “Com crescimento ano a ano, o prazo de validade dos produtos acabou se tornando fator determinante, especialmente em meio a momentos ruins para a economia do país, como o que estamos passando agora frente a pandemia. A expectativa é chegar ao final de 2020 com um crescimento de 3% a 5% em média, que já será um ótimo resultado para o setor”, pontua Zanão.

O post Pão de forma se consolida entre as classes D/E com 70% de penetração dos lares brasileiros apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/economia/pao-de-forma-se-consolida-entre-as-classes-d-e-com-70-de-penetracao-dos-lares-brasileiros/feed/ 0
Empresa dedica parte das vendas de vinho ao Outubro Rosa https://newtrade.com.br/economia/empresa-dedica-parte-das-vendas-de-vinho-ao-outubro-rosa/ https://newtrade.com.br/economia/empresa-dedica-parte-das-vendas-de-vinho-ao-outubro-rosa/#respond Fri, 16 Oct 2020 10:08:28 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1029695

Em parceria com a ong “Orienta a Vida”, que gere obras altruístas para o combate ao Câncer de Mama, 3% das vendas do vinho Santa Carolina Reservado Rosé serão destinados ao projeto Pense Rosa. O objetivo da Vinícola Santa Carolina e da Casa Flora Importadora ao apoiarem essa ação é aumentar o acesso ao exame […]

O post Empresa dedica parte das vendas de vinho ao Outubro Rosa apareceu primeiro em Newtrade.

]]>

Em parceria com a ong “Orienta a Vida”, que gere obras altruístas para o combate ao Câncer de Mama, 3% das vendas do vinho Santa Carolina Reservado Rosé serão destinados ao projeto Pense Rosa. O objetivo da Vinícola Santa Carolina e da Casa Flora Importadora ao apoiarem essa ação é aumentar o acesso ao exame de diagnóstico, conscientes que a prevenção é determinante.

Ambas empresas elegeram o rótulo Rose Edição Limitada para essa empreitada, cientes do aumento do consumo desse tipo de vinho, que segundo dados da Ideal Consulting, empresa de auditoria de importação e inteligência de mercado, o vinho Rose cresce 65% ao ano no mercado brasileiro. Outro fator relevante para escolha foi o “belo” rótulo com edição limitada. Segundo Paulo Amalfi, gerente de vinhos da Importadora, “o caráter de exclusividade do rótulo instiga o consumidor” e atribui: “em pesquisa apresentada pela Wine.Net 80% dos consumidores escolhem o vinho pelo rótulo”.

O post Empresa dedica parte das vendas de vinho ao Outubro Rosa apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/economia/empresa-dedica-parte-das-vendas-de-vinho-ao-outubro-rosa/feed/ 0
Brasileiro muda hábitos de consumo para fortalecer economia local https://newtrade.com.br/economia/brasileiro-muda-habitos-de-consumo-para-fortalecer-economia-local/ https://newtrade.com.br/economia/brasileiro-muda-habitos-de-consumo-para-fortalecer-economia-local/#respond Thu, 15 Oct 2020 10:57:40 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1029673

Estudo EY Future Consumer Index mostra que mais da metade dos entrevistados passou a comprar apenas o essencial; 62% das pessoas tiveram redução de rendimento

O post Brasileiro muda hábitos de consumo para fortalecer economia local apareceu primeiro em Newtrade.

]]>

A convivência com os efeitos e as mudanças impostas pela pandemia da Covid-19 desde o mês de março passado está fazendo com que uma parcela significativa dos brasileiros adote hábitos de consumo mais consciente, seja para fortalecer a economia do local em que vivem, ou para economizar recursos. Essa é uma das conclusões do EY Future Consumer Index, estudo global realizado pela EY-Parthenon que consultou 1.003 brasileiros entre os meses de junho e julho deste ano para apurar os impactos da pandemia sobre hábitos, costumes e expectativas dos consumidores.

De acordo com a pesquisa, um terço dos participantes do estudo (33%) disseram mudar de marcas consumidas para apoiar a economia ou empresas locais; a seguir, em respostas redundantes em mais de um item, 32% decidiram mudar de marcas para reduzir custos. Nessa mesma linha, 32% dos entrevistados optaram por fazer compras on-line de produtos alimentares com mais frequência, o que não era tão comum antes da pandemia.

Expectativas positivas

Apesar de um quadro de forte impacto sobre a renda do brasileiro, com 62% tendo relatado perdas de rendimento durante o período da pandemia, de acordo com o estudo, os entrevistados demonstram otimismo nas perspectivas para daqui a um ano. A pesquisa EY Future Consumer Index demonstra, por exemplo, que mais de um terço dos entrevistados (35%) disse ter sofrido uma redução de 50% ou mais em seus rendimentos; 27% tiveram perdas de até 25%; 36% mantiveram seus ganhos pré-pandemia; e apenas 1% obteve aumento de renda durante o período pós-Covid-19.

Para 72% dos participantes da pesquisa, suas finanças pessoais estarão melhores em 12 meses; 20% acreditam em estabilidade; e apenas 8% projetam uma situação pior. Quando o item avaliado é o emprego, 66% apostam em melhora em 12 meses; 26% acham que tudo ficará como está; e 9%, que a situação deve piorar. Já em relação à condição econômica do País, 46% são otimistas; 39% creem em estabilidade; e 15% apostam em um cenário pior do que o atual.

Economia e família preocupam

De acordo com o levantamento, questionados sobre quais as suas principais preocupações diante da pandemia, 97% dos participantes brasileiros responderam: a “economia do país”. Em segundo lugar na lista está a “saúde da minha família”, com 96% de citações, empatado com “impacto social e comunitário”. A preocupação com a própria saúde do entrevistado aparece em quarto lugar da lista, com 94% de referências, seguido por “minhas finanças” (92%). O tema “meus relacionamentos” aparece na décima posição dessa lista, com 75% de citações.

“Não é difícil entender esses indicativos da pesquisa EY Future Consumer Index, já que grande parte dos participantes do estudo indicou uma queda no seu rendimento pessoal ou familiar. Preocupar-se com os rumos da economia do País é, portanto, algo natural para aqueles que foram direta e negativamente afetados pelos efeitos da pandemia. É interessante perceber também que as pessoas se preocupam em primeiro lugar com suas famílias, e depois consigo próprias, numa demonstração de que as relações familiares seguem como elemento essencial na constituição da sociedade brasileira”, afirma Miguel Duarte, sócio da EY-Parthenon e líder do segmento de Consumo, Produtos e Varejo para América Latina.

Novos hábitos

A convivência com as novas exigências sanitárias impostas pela pandemia e o visível avanço da opção pelo trabalho remoto, o famoso home office, também tem mudado comportamentos e hábitos dos consumidores. Entre os entrevistados, 71% afirmaram estar mais conscientes sobre higiene pessoal e limpeza; 69% passaram a cozinhar mais refeições; 62% visitavam menos as lojas físicas; 60% decidiram gastar menos com itens não essenciais, como produtos
de moda, ou cosméticos; e 59% disseram cuidar melhor de suas casas. Vale destacar que 71% dos entrevistados afirmaram estar ainda preocupados com a possibilidade de contrair a Covid-19.

Pouco mais da metade dos entrevistados (54%) afirma ter decidido comprar apenas o essencial, demonstrando preocupações com a eventual instabilidade econômica do momento. Também 52% das pessoas disseram ter reduzido a frequência de suas compras, enquanto 39% ampliaram as compras de itens variados pela internet.

Hábitos considerados mais seguros

Conforme as atividades sociais vêm sendo retomadas e liberadas nas cidades, fazer compras em um mercado é considerado o hábito mais aceitável aos brasileiros, com 70% das pessoas se dizendo confortáveis ou indiferentes em realizar esse tipo de tarefa. A seguir, vêm os itens “ir para o seu local de trabalho” (57%) e “andar em público” (56%). Uma das atividades mais rejeitas, mas que acaba sendo costumeira para muitos brasileiros, é “viajar em um transporte público”, para a qual 83% dos entrevistados se disseram desconfortáveis em realizar, 9%, indiferentes e apenas 8%, confortáveis.

“Não é difícil perceber, por recorrentes exemplos públicos, que o brasileiro está ansioso para retomar atividades sociais que tiveram de ser descontinuadas em razão da pandemia. A pesquisa mostra, por exemplo, que 77% dos entrevistados afirmam se sentir confortáveis para viajar de avião em até um ano. Ainda existem grandes desafios no enfrentamento à Covid-19, e o objetivo do estudo EY Future Consumer Index é justamente contribuir para oferecer mais informações e gerar conhecimento sobre como as pessoas têm se comportado e quais as suas expectativas em relação aos desdobramentos da pandemia”, conclui Miguel Duarte.

 

O post Brasileiro muda hábitos de consumo para fortalecer economia local apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/economia/brasileiro-muda-habitos-de-consumo-para-fortalecer-economia-local/feed/ 0
Anvisa aprova nova rotulagem de alimentos https://newtrade.com.br/economia/anvisa-aprova-nova-rotulagem-de-alimentos/ https://newtrade.com.br/economia/anvisa-aprova-nova-rotulagem-de-alimentos/#respond Wed, 14 Oct 2020 10:36:21 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1029641

A Diretoria Colegiada da Anvisa aprovou por unanimidade, a nova norma sobre rotulagem nutricional de alimentos embalados. A medida melhora a clareza e a legibilidade das informações nutricionais presentes no rótulo dos alimentos e visa auxiliar o consumidor a realizar escolhas alimentares mais conscientes.   “O objetivo dessa norma não é impor nenhuma escolha. É possibilitar a compreensão, respeitando […]

O post Anvisa aprova nova rotulagem de alimentos apareceu primeiro em Newtrade.

]]>

A Diretoria Colegiada da Anvisa aprovou por unanimidadea nova norma sobre rotulagem nutricional de alimentos embalados. A medida melhora a clareza e a legibilidade das informações nutricionais presentes no rótulo dos alimentos e visa auxiliar o consumidor a realizar escolhas alimentares mais conscientes.  

“O objetivo dessa norma não é impor nenhuma escolha. É possibilitar a compreensão, respeitando a liberdade de escolha de todas as pessoas que vivem no nosso território”, ressalta a diretora relatora Alessandra Bastos. 

“Com a nova regra, os consumidores terão mais facilidade para comparar os alimentos e decidir o que consumir. Além disso, pretende-se reduzir situações que geram engano quanto à composição nutricional”, destaca Thalita Lima, gerente geral de Alimentos da Agência.   

A novidade estabelece mudanças na tabela de informação nutricional e nas alegações nutricionais, bem como inova ao adotar a rotulagem nutricional frontal. Entenda o ponto a ponto:    

Rotulagem nutricional frontal

Considerada a maior inovação da norma, a rotulagem nutricional frontal é um símbolo informativo na parte da frente do produto. A ideia é esclarecer o consumidor, de forma clara e simples, sobre o alto conteúdo de nutrientes que têm relevância para a saúde.   

Para tal, foi desenvolvido um design de lupa para identificar o alto teor de três nutrientes: açúcares adicionados, gorduras saturadas e sódio. O símbolo deverá ser aplicado na frente do produto, na parte superior, por ser uma área facilmente capturada pelo nosso olhar. Confira os modelos:   

Tabela de Informação Nutricional

Já conhecida pelos consumidores brasileiros, a Tabela de Informação Nutricional passará por mudanças significativas. A primeira delas é que a tabela passa a ter apenas letras pretas e fundo branco. O objetivo é afastar a possibilidade de uso de contrates que atrapalhem na legibilidade das informações.   

Outra alteração será nas informações disponibilizadas na tabela. Passará a ser obrigatória a identificação de açúcares totais e adicionais, a declaração do valor energético e nutricional por 100 g ou 100 ml, para ajudar na comparação de produtos, e o número de porções por embalagem.   

 Além disso, a tabela deverá ficar, em regra, próxima da lista de ingredientes e em superfície contínua, não sendo aceitas quebras. Ela não poderá ser apresentada em áreas encobertas, locais deformados ou regiões de difícil visualização. A exceção fica para os produtos pequenos (área de rotulagem inferior a 100 cm²), em que a tabela poderá ser apresentada em áreas encobertas, desde que acessíveis.    

Alegações  

Foram propostas ainda alterações nas regras atuais para a declaração das alegações nutricionais, com o objetivo de evitar contradições com a rotulagem nutricional frontal. Confira as orientações:    

Prazos

É importante esclarecer que a nova regra será publicada nos próximos dias no Diário Oficial da União (D.O.U.), por meio de uma Resolução da Diretoria Colegiada (RDC) e de uma Instrução Normativa (IN). A norma entrará em vigor 24 meses após a sua publicação. 

Os produtos que se encontrarem no mercado na data da entrada da norma em vigor terão, ainda, um prazo de adequação de 12 meses. 

No entanto, os produtos que forem destinados exclusivamente ao processamento industrial ou aos serviços de alimentação deverão estar adequados já a partir da entrada em vigor do regulamento, de forma a garantir que os fabricantes tenham acesso às informações nutricionais das matérias-primas e ingredientes alimentares utilizados em seus produtos. 

Os alimentos fabricados por empresas de pequeno porte, como agricultores familiares e microempreendedores, também possuem um prazo de adequação, mas de 24 meses após a entrada em vigor, totalizando 48 meses no total. Para as bebidas não alcoólicas em embalagens retornáveis, a adequação não pode exceder 36 meses após a entrada em vigor da resolução.

Ressalta-se que os produtos fabricados até o final do prazo de adequação poderão ser comercializados até o fim do seu prazo de validade. 

Como os regulamentos se aplicam a praticamente todos os alimentos embalados, os prazos acima são necessários e adequados para as empresas de alimentos realizarem os ajustes em seus produtos, bem como para o setor público organizar ações orientativas e educativas, além de estruturar a fiscalização. 

 

O post Anvisa aprova nova rotulagem de alimentos apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/economia/anvisa-aprova-nova-rotulagem-de-alimentos/feed/ 0