Atacado – Newtrade https://newtrade.com.br Fri, 27 Mar 2020 14:57:46 +0000 pt-BR hourly 1 https://wordpress.org/?v=5.3.2 https://newtrade.com.br/wp-content/uploads/2017/03/favicon-newtrade.png Atacado – Newtrade https://newtrade.com.br 32 32 Martins descarta aumento de preços https://newtrade.com.br/atacado/martins-descarta-aumento-de-precos/ https://newtrade.com.br/atacado/martins-descarta-aumento-de-precos/#respond Fri, 27 Mar 2020 14:57:46 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1024476

Embora seja categórico ao afirmar que prefere deixar faltar a mercadoria apresentada com reajuste, Flávio Martins, CEO do Grupo Martins, garante que a reposição está sob controle.

O post Martins descarta aumento de preços apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
Por Rúbia Evangelinellis

Flávio Lúcio Martins, CEO do Grupo Martins, disse que a empresa não aceita, nem aceitará, aumento de preços, por parte da indústria, nem tampouco adotará a política de repasse para o varejo para garantir o atual abastecimento. Embora seja categórico ao afirmar que prefere deixar faltar a mercadoria apresentada com reajuste, o executivo garante que a reposição está sob controle.

“Estamos fazendo com os fornecedores a calibração do estoque, o ajustando para não deixar faltar produtos. No quadro geral, excetuando a reposição do álcool gel, não temos problema”, assegura.

Com uma carteira de 220 mil clientes e cobertura nacional, a empresa contabiliza, neste momento, aumento de vendas entre 12 e 25%, com base no mesmo período do ano passado. Para o executivo, a atual alta reflete uma antecipação de compras gerada pelo medo das pessoas.

Para manter a operação sob controle, a empresa adota a estratégia de reuniões diárias para avaliar a operação e buscará soluções para problemas expostos pelas áreas. “Analisamos conjuntamente os problemas. Temos comitê de crise e um processo de governança bem definido para que as decisões sejam tomadas de forma responsável e com conhecimento de impacto”. acrescenta.

Flávio Martins, CEO do Grupo Martins

O CEO critica medidas adotadas por estados que dificultam a distribuição e de forte restrição do comércio. E defende um plano de ação do setor público que contemple a área da saúde conjuntamente com a economia, para evitar grau acentuado de falência e maior aumento do desemprego. “As pessoas precisam trabalhar. Entendo que é preciso ter ações coordenadas para tratar os doentes, para a área da saúde. Mas não se pode travar a economia. Quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você. Precisamos olhar para além do abismo”, diz ao citar a célebre frase do filósofo Friedrich Nietzsche.

Em paralelo às medidas de manutenção do abastecimento, o grupo adotou medidas de proteção dos colaboradores no início de março, estabelecido a partir de consulta ao Ministério da Saúde e ações adotadas por países que enfrentem à pandemia. Foram afastados trabalhadores acima de 60 anos, imunodeficientes, diabéticos, cardíacos, grávidas e mães de filhos com até 14 anos, entre outros. Nenhum funcionário foi posto em férias, diz o CEO. Parte deles está de licença e outros estão atuando em sistemas de home office e de teletrabalho, experiência que começou com 50 vendedores (como teste) e adotado agora na integralidade no televendas, para o grupo de 450.

Grande parte dos representantes também realizam teletrabalho na sua residência, munidos dos meios digitais. Antes do combate ao coronavírus, o Martins já estava incentivando as vendas, dos representantes, pelo canal digital, telefone, whatsapp para expandir a base de clientes, restringindo a visita a poucos, quando necessário.

“Hoje, o nosso desafio é proteger as pessoas, garantir o abastecimento e proteger o caixa”. A empresa tem uma política de concessão de crédito aos clientes, sendo que muitos dos quais hoje estão com as portas fechadas, como lojas de material de construção e outras instaladas em shopping.

O post Martins descarta aumento de preços apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/atacado/martins-descarta-aumento-de-precos/feed/ 0
Atacados trabalham para garantir o abastecimento de produtos https://newtrade.com.br/atacado/atacados-trabalham-para-garantir-o-abastecimento-de-produtos/ https://newtrade.com.br/atacado/atacados-trabalham-para-garantir-o-abastecimento-de-produtos/#respond Wed, 25 Mar 2020 14:18:59 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1024404

Executivos de grandes grupos falam sobre como adaptaram operações para garantir o abastecimento e ao mesmo tempo proteger seus colaboradores.

O post Atacados trabalham para garantir o abastecimento de produtos apareceu primeiro em Newtrade.

]]>

por Rúbia Evangelinellis

No olho do furacão, tendo de se ajustarem à crise provocada pelo coronavírus e que derrubou a economia, as empresas do setor atacadista distribuidor adotam medidas de proteção aos colaboradores, clientes e para garantir o abastecimento. Como se estivessem em um tempo de guerra, avaliam e reveem procedimentos dia após dia, fazem ajustes na logística de atendimento e entrega e adotam medidas a curto prazo, até poderem visualizarem um cenário mais claro.

O grupo Super Nosso, formado por 33 lojas de varejo e 17 de atacado de autosserviço (Apoio Mineiro) na Grande Belo Horizonte e pelo Dec Minas (atacado de entrega que cobre 90% do Estado mineiro e 85% da Bahia) experimenta um momento de forte demanda e adotou as medidas preventivas para funcionários e nas lojas. São 8 mil funcionários, sendo que alguns estão em home office (da área de retaguarda) ou em licença (no caso de quem esta no grupo de maior risco e que atua na linha de frente em loja).

A empresa informa que está preparada para dar conta da demanda, mantendo inclusive uma operação continua de abastecimento para não deixar faltar produtos nas lojas. “Tivemos um forte aumento de vendas até sábado passado (21/3), vendo pessoas comprando para estocar. Não façam isso. Não vão faltar produtos. Temos estoque e as indústrias estão trabalhando para atender o mercado”, avisa Marcelo Branquinho, gerente geral de Marketing do grupo. No varejo e no cash&carry houve aumento de vendas de 50%. No e-commerce, o salto foi de 1.000% (concentrado no B&C), o que exigiu medidas emergenciais, inclusive de logística, com aumento de janelas de entrega (para uma semana ou 10 dias até aumentar a capacidade operacional) e frete grátis para quem tem acima de 60 anos.

Nildo Souza, diretor executivo da área de distribuição do atacado de entrega, com uma carteira de 17 mil clientes, explica que o movimento está acima do normal, sendo que, de 15 a 21 de março, superou a 60% a média histórica. “No primeiro momento, registramos uma compra generalizada do pequeno varejo, mas já fomos procurados até pelo grande varejo. Nossa carteira de pedidos chegou a R$ 10 milhões em um dia, o que representaria dois dias e meio a capacidade diária de expedição”, calcula.

Nildo Souza – DEC Mninas

Segundo informou, o volume de pedidos já recuou, mas permanece 30% acima da média, com previsão de se manter neste patamar até o 5º dia útil do próximo mês. O estoque médio, por sua vez, baixou de 56 para 38 dias. A empresa ampliou o prazo de entrega, mas garante que não existe falta generalizada de produtos, situação concentrada em sabonete líquido, álcool gel (maior escassez) e papel higiênico. E para dar conta do movimento, a Dec Minas mantém equipe de vendas treinada para atendimento on-line, uma vez que muitos estabelecimentos deixaram de atender os representantes pessoalmente e congestionam o SAC.

 

Já o grupo Fasouto, de Sergipe, atua em esquema de emergência para garantir o atendimento, o abastecimento e a proteção às pessoas (colaboradores) tanto na operação do atacado de autosserviço (são quatro lojas que comercializam cerca de 12 mil itens e têm 65% do público formado de empresas e transformadores) quanto no atacado distribuidor (cobre o Estado e tem um mix de cerca de 3 mil itens).

Juliano César Faria Souto, diretor do Grupo Fasouto

Entre as providências tomadas, o diretor Juliano César Faria Souto explica que a empresa mudou o layout do escritório para obedecer a distância de dois metros entre os colaboradores, mantém as lojas sinalizadas para dar espaço entre os clientes nas filas e vídeos na internet para informar que o abastecimento está normalizado. “Procuramos adotar todas as medidas que consideramos necessárias para que possamos passar cautela que o momento requer. Também postamos matérias informativas, extraídas de órgãos oficiais, de recomendações para a população”.

Na sua opinião, o setor atacado distribuidor e de varejo alimentar tem, nesse momento, a responsabilidade de garantir ao consumidor e ao pequeno varejo de que não haverá desabastecimento. Ele acrescenta que as medidas são tomadas de acordo com as orientações governamentais. A Fasouto também estimula que os pedidos sejam feitos por ferramentas digitais, como whatsapp. “A orientação para a equipe de vendas externas é de manter o distanciamento social nas visitas, não participar de cotação com diversos vendedores em uma sala. Podemos até perder vendas, mas temos de pensar na saúde dos colaboradores em primeiro lugar.

Marcello Marinho, diretor da Rio Quality

Já a Rio Quality, que atua no Rio de Janeiro e tem a carteira de clientes concentrada em food service, também segue as medidas recomendadas na preservação da equipe de colaboradores. Marcello Marinho, diretor da empresa, explica que as vendas recuaram e que as medidas estão sendo ajustadas, como operação de guerra, sempre pensando até a próxima semana. “Todo o pessoal da área administrativa e comercial está trabalhando em sistema de home office. No time de entrega, estamos fazendo revezamento e afastamos doentes crônicos, com idade avançada e outros que estão no grupo de mais risco. Repensamos a operação e rotas para esse momento. Estamos prevendo queda de 50% no faturamento, vivemos uma fase de incertezas e aguardamos medidas econômicas para ajudar na sustentação dos negócios.”

O post Atacados trabalham para garantir o abastecimento de produtos apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/atacado/atacados-trabalham-para-garantir-o-abastecimento-de-produtos/feed/ 0
Estrago do coronavírus na economia pode ser maior do que o na saúde, diz CEO do Grupo Martins https://newtrade.com.br/atacado/estrago-do-coronavirus-na-economia-pode-ser-maior-do-que-o-na-saude-diz-ceo-do-grupo-martins/ https://newtrade.com.br/atacado/estrago-do-coronavirus-na-economia-pode-ser-maior-do-que-o-na-saude-diz-ceo-do-grupo-martins/#respond Mon, 23 Mar 2020 11:04:23 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1024319 Grupo martins

Flavio Martins afirma que coronavírus fez vendas dispararam em varejistas pelo país, mas pede preocupação com “dia seguinte”

O post Estrago do coronavírus na economia pode ser maior do que o na saúde, diz CEO do Grupo Martins apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
Grupo martins

Flavio Martins, CEO do Grupo Martins, considera que o estrago econômico da crise do coronavírus pode ser maior que o impacto na saúde do Brasil. “Já vi gente falando que podemos ter mais falidos do que falecidos ao final da crise”, disse o executivo em live transmitida pela XP na manhã deste domingo (22).

O empresário, responsável pela empresa líder no segmento atacadista-distribuidor no país, ressaltou que as duas crises são conectadas, mas que é preciso olhar para o “dia seguinte”.

O grupo tem mais de 115 mil clientes em todos os municípios do país, boa parte deles pequenos e médios varejistas, como mercados familiares e pequenas farmácias. “A gente tem que seguir atendendo esse pessoal para que eles continuem girando. Se deixar de pedalar a bicicleta, ela cai”, disse Martins.

Segundo o CEO, o volume de vendas disparou nos últimos dias. “Percebemos aumento de 25% nas vendas no Rio de Janeiro, 20% em Minas Gerais, 10% no interior de São Paulo. O movimento continua gigantesco, principalmente no setor de alimentos”.

Entre os produtos mais buscados estão o álcool gel (que teve aumento de 3.200% nas vendas), alimentos enlatados, chocolates e até produtos de escritório como laptops, impressoras e roteadores, estimulados pelo fluxo de pessoas que começaram a fazer home-office.

O executivo não percebeu mudanças no abastecimento de mercadorias pelo país, uma preocupação do mercado nos últimos dias. “Ainda não identificamos bloqueio, os transportes estão fluindo, temos conseguindo transitar bem pelos estados. Até agora está funcionando. O objetivo é manter assim”, afirmou.

Cautela com antecipação de consumo

Apesar da explosão do volume de vendas de atacadistas, Martins afirma que já é hora de se planejar sobre a queda no consumo nas próximas semanas, principalmente com o aumento das restrições de circulação de pessoas pelo país.

“Varejistas percebem o aumento de demanda, mas sabem que é uma antecipação de consumo”, disse. “As pessoas estão se preparando para ficar em casa”.

A preocupação imediata é com lojas de materiais de construção, que registraram queda expressiva na demanda, além de empresas do setor de serviço, como restaurantes, bares e hotéis, que verão o fluxo de caixa ser interrompido bruscamente.

Para atenuar os efeitos do isolamento social e a consequente diminuição no consumo e no nível de emprego, o empresário ressalta a importância de medidas do governo. “Devemos pensar já em recuperar a atividade econômica no pós-crise. E o jeito pra mim é pelo crédito, incentivar o consumo pra roda para gerar emprego”.

Mas, acima de tudo, o pedido do empresário é que o mercado tome cuidado com a “infodemia”, o volume excessivo de informações falsas ou superficiais, para ele tão perigosa quanto a pandemia do coronavírus.

“Nietzsche disse que quando se olha muito tempo para um abismo, o abismo olha para você. O cuidado é não ficar olhando muito para o abismo, mas olhar além do abismo. Esperar o melhor e se preparar para o melhor. Garantir a saúde das pessoas para que os negócios possam continuar”, concluiu.

O post Estrago do coronavírus na economia pode ser maior do que o na saúde, diz CEO do Grupo Martins apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/atacado/estrago-do-coronavirus-na-economia-pode-ser-maior-do-que-o-na-saude-diz-ceo-do-grupo-martins/feed/ 0
ABAD adia Convenção Anual https://newtrade.com.br/atacado/abad-adia-convencao-anual/ https://newtrade.com.br/atacado/abad-adia-convencao-anual/#respond Fri, 20 Mar 2020 11:05:41 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1024287

Evento que aconteceria em abril foi adiado para os dias 24, 25 e 26 de agosto de 2020, no Bourboun Convention Resort Atibaia, em São Paulo.

O post ABAD adia Convenção Anual apareceu primeiro em Newtrade.

]]>

Diante do avanço de casos por contaminação do novo Coronavírus (Covid-19) e seguindo as orientações do Ministério da Saúde e das autoridades estaduais, a ABAD – Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores decidiu adiar a 40ª Convenção Anual do Canal Indireto – ABAD 2020 ATIBAIA, que aconteceria em abril, para os dias 24, 25 e 26 de agosto de 2020, no Bourboun Convention Resort Atibaia, em São Paulo.

Emerson Luiz Destro, presidente da ABAD

Com 600 convidados esperados, entre indústria, fornecedores de serviços e os maiores e melhores atacadistas e distribuidores do país, a Convenção ABAD 2020 ATIBAIA é o principal encontro do canal indireto, com conteúdo e debates estratégicos para a cadeia de abastecimento.

Entendemos que o momento é de prudência e responsabilidade. Nada é mais importante agora do que proteger a vida de milhares de pessoas que podem ser prejudicadas pelo vírus.

Como elo importante da cadeia de abastecimento, estaremos ao lado do governo abastecendo os mais de 1 milhão de varejos espalhados pelo país, levando alimentos essenciais e de primeira necessidade às famílias brasileiras.

 

Emerson Luiz Destro
Presidente da ABAD

O post ABAD adia Convenção Anual apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/atacado/abad-adia-convencao-anual/feed/ 0
Posicionamento do setor atacadista distribuidor sobre os efeitos do coronavírus na cadeia de abastecimento https://newtrade.com.br/atacado/posicionamento-do-setor-atacadista-distribuidor-sobre-os-efeitos-do-coronavirus-na-cadeia-de-abastecimento/ https://newtrade.com.br/atacado/posicionamento-do-setor-atacadista-distribuidor-sobre-os-efeitos-do-coronavirus-na-cadeia-de-abastecimento/#respond Thu, 19 Mar 2020 12:23:29 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1024265

A ABAD e o setor atacadista e distribuidor apoiam as medidas até o momento adotadas pelo governo e confiam que essas iniciativas terão pleno sucesso no duplo objetivo de conter a propagação do vírus e proteger a nossa economia.

 

O post Posicionamento do setor atacadista distribuidor sobre os efeitos do coronavírus na cadeia de abastecimento apareceu primeiro em Newtrade.

]]>

A ABAD – Associação Brasileira de Atacadistas e Distribuidores tem acompanhado com atenção os desdobramentos da pandemia de coronavirus no cenário econômico nacional e vem a público fazer alguns importantes esclarecimentos:

1 – Gostaríamos de tranquilizar o mercado e o público consumidor quanto à atividade de distribuição no país, que segue funcionando normalmente até o momento. Enquanto a indústria fornecedora mantiver a normalidade na operação, o desabastecimento não deve acontecer. O comportamento da indústria nos países também atingidos pela epidemia reforça nosso prognóstico. De qualquer maneira, a recomendação é de calma e racionalidade.

2 – O setor atacadista e distribuidor, por meio da ABAD, está em permanente contato com o governo federal para manter-se a par das medidas contingenciais tomadas para mitigar os efeitos econômicos do coronavírus. No início desta semana, a ABAD respondeu a uma pesquisa do governo e deu sua contribuição com a sugestão de medidas que visam amenizar os impactos da pandemia em nosso setor;

3 – Informamos também que as empresas do setor estão vigilantes quanto à saúde de seus colaboradores e têm empregado todos os cuidados sanitários necessários ao manuseio dos produtos a serem distribuídos, com o objetivo de evitar a propagação do vírus;

4 – Reiteramos, por fim, a importância de se garantir o abastecimento do pequeno varejo, principal cliente do nosso setor, pelo que estamos nos empenhando ao máximo. O varejo de vizinhança é um importante canal de compras para o consumidor em razão da proximidade e praticidade, características que se tornam ainda mais relevantes neste momento em que boa parte da população é orientada a reduzir a circulação pela cidade.

A ABAD e o setor atacadista e distribuidor apoiam as medidas até o momento adotadas pelo governo e confiam que essas iniciativas terão pleno sucesso no duplo objetivo de conter a propagação do vírus e proteger a nossa economia.

Emerson Destro
presidente da ABAD

O post Posicionamento do setor atacadista distribuidor sobre os efeitos do coronavírus na cadeia de abastecimento apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/atacado/posicionamento-do-setor-atacadista-distribuidor-sobre-os-efeitos-do-coronavirus-na-cadeia-de-abastecimento/feed/ 0
Atacadão inaugura loja de autosserviço em Ribeirão Pires https://newtrade.com.br/atacado/atacadao-inaugura-loja-de-autosservico-em-ribeirao-pires/ https://newtrade.com.br/atacado/atacadao-inaugura-loja-de-autosservico-em-ribeirao-pires/#respond Fri, 13 Mar 2020 11:26:05 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1024142 atacadão

Nova unidade atenderá por mês cerca de 100 mil consumidores locais e da região

O post Atacadão inaugura loja de autosserviço em Ribeirão Pires apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
atacadão

O Atacadão inaugurou ontem, quinta-feira (12), a primeira loja de autosserviço em Ribeirão Pires, São Paulo. A unidade fica no Centro e recebeu um investimento de R$ 50 milhões, gerando cerca de 600 empregos diretos e indiretos.

Com a inauguração de mais uma unidade em São Paulo, a rede já atinge a marca de 56 unidades no estado, sendo 53 de autosserviço e três atacados de entrega. Atualmente, o Atacadão conta com 188 lojas pelo Brasil e 28 atacados de entrega.
“A cidade de Ribeirão Pires é um polo importante da região paulista, principalmente porque estamos no estado desde a década de 1970. A cada nova unidade que inauguramos, fortalecemos nossa marca que já é referência, além de contribuir como parceiros dos microempreendedores (MEIs), um dos principais públicos de nossas lojas. Nosso objetivo é oferecer alimentos de qualidade com preços competitivos”, afirma Roberto Müssnich, CEO do Atacadão.

Atacadão Ribeirão Pires
Endereço: Avenida Francisco Monteiro, 1701 – Centro – Ribeirão Pires/ SP
Horário de funcionamento:
Segunda a sábado das 7h às 22h
Domingos das 8h às 18h
Feriados consultar a loj

O post Atacadão inaugura loja de autosserviço em Ribeirão Pires apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/atacado/atacadao-inaugura-loja-de-autosservico-em-ribeirao-pires/feed/ 0
Spani Atacadista investe R$ 25 mi no interior paulista https://newtrade.com.br/atacado/spani-atacadista-investe-r-25-mi-no-interior-paulista/ https://newtrade.com.br/atacado/spani-atacadista-investe-r-25-mi-no-interior-paulista/#respond Thu, 12 Mar 2020 11:04:42 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1024107 Spani Atacadista

Rede abrirá loja em São João da Boa Vista - SP

O post Spani Atacadista investe R$ 25 mi no interior paulista apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
Spani Atacadista
Por Adriana Bruno

 

Depois de receber o anúncio da instalação de uma unidade do supermercado Spasso Sabores até o fim de 2020, a cidade de Sâo João da Boa Vista, no interior paulista, também contará com uma loja do Spani Atacadista, pertencente ao Grupo Zaragoza. A empresa investirá R$ 25 milhões na operação e deverá gerar cerca de 250 empregos na cidade.

A loja será construída em um terreno de mais de 6 mil metros quadrados, próximo ao campus da Unesp e deve ser inaugurada no fim do segundo semestre. Com 26 lojas, o Spani é considerado – pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras) – a 15ª maior empresa do segmento no País.

Varejo

Além do Spasso Sabores, o Supermercado Fonseca também irá instalar uma unidade na cidade. Com seis lojas na região – São José do Rio Pardo, Pirassununga, Santa Cruz das Palmeiras, Mococa, Porto Ferreira e Poços de Caldas – a rede Fonseca se instalará na cidade, no cruzamento da avenida João Osório com a rua Santo Antônio.

Com essas três inaugurações mais de 700 empregos devem ser gerados no município que tem pouco mais de 100 mil habitantes.

*Com informações do jornal O Município

O post Spani Atacadista investe R$ 25 mi no interior paulista apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/atacado/spani-atacadista-investe-r-25-mi-no-interior-paulista/feed/ 0
Grupo DMA anuncia inauguração de seis lojas do Mineirão Atacarejo em 22 dias https://newtrade.com.br/atacado/grupo-dma-anuncia-inauguracao-de-seis-lojas-do-mineirao-atacarejo-em-22-dias/ https://newtrade.com.br/atacado/grupo-dma-anuncia-inauguracao-de-seis-lojas-do-mineirao-atacarejo-em-22-dias/#respond Wed, 11 Mar 2020 11:24:41 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1024076

A última abertura de loja da rede aconteceu em dezembro de 2019, quando a cidade de Caratinga ganhou uma loja do atacarejo .

O post Grupo DMA anuncia inauguração de seis lojas do Mineirão Atacarejo em 22 dias apareceu primeiro em Newtrade.

]]>

O Grupo DMA inicia o ano com o anúncio de seis novas lojas do Mineirão Atacarejo nos próximos 22 dias. Serão quatro unidades em Minas, uma no Espírito Santo e uma na Bahia. A programação de inauguração das unidades se inicia em Uberaba, no dia 19 de março e termina em Guanhães,  em abril.

A última abertura de loja da rede aconteceu em dezembro de 2019, quando a cidade de Caratinga ganhou uma loja do atacarejo . Na ocasião, o Grupo DMA finalizou o ano com 149 unidades, das quais 18 com a bandeira Mineirão Atacarejo.

Confira a lista das próximas inaugurações

19/03 – Uberaba (MG)
Av. Coronel Cacildo Arantes, 50 – Parque Hileia

20/03 – Uberlândia (MG)
Rodovia BR 050, 7085 – Panorama

23/03 – Cachoeiro do Itapemirim (ES)
Rodovia Engenheiro Fabiano Vilacqua, 441 – Marbrasa

24/03 – Ilhéus (BA)
Rodovia Jorge Amado, S/N – Salobrinho

03/04 – Coronel Fabriciano  (MG)
Rua Doutor Moacir Byrro, 632 – Centro

09/04 – Guanhães (MG)
Rua Capitão Bernardo, 365 – Centro

O post Grupo DMA anuncia inauguração de seis lojas do Mineirão Atacarejo em 22 dias apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/atacado/grupo-dma-anuncia-inauguracao-de-seis-lojas-do-mineirao-atacarejo-em-22-dias/feed/ 0
Grupo EPA vai abrir unidade do Mineirão em Uberaba-MG https://newtrade.com.br/atacado/grupo-epa-vai-abrir-unidade-do-mineirao-em-uberaba-mg/ https://newtrade.com.br/atacado/grupo-epa-vai-abrir-unidade-do-mineirao-em-uberaba-mg/#respond Mon, 09 Mar 2020 15:00:37 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1024020

O valor do investimento ainda será contabilizado, já que a loja está passando por reformas.

O post Grupo EPA vai abrir unidade do Mineirão em Uberaba-MG apareceu primeiro em Newtrade.

]]>

A Prefeitura de Uberaba divulgou na sexta-feira (6) que o Grupo EPA Supermercados vai começar a operar na cidade com a bandeira Mineirão Atacarejo. O empreendimento deve iniciar as atividades em abril, no local onde antes operava o Makro, com geração de 200 empregos diretos e cerca de 400 indiretos. O valor do investimento ainda será contabilizado, já que a loja está passando por reformas.

O anúncio foi feito pelo prefeito Paulo Piau (MDB), pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação, José Renato Gomes, e por Roberto Gosende, diretor do Grupo EPA, que esteve recentemente em Uberaba.

Segundo Gosende, a loja em Uberaba terá 4.600 metros quadrados, com 14 caixas para atendimento ao cliente e 218 vagas de estacionamento. O diretor afirmou que, além da oportunidade de compra do Makro, o grupo e a Prefeitura de Uberaba já estavam em tratativas para a consolidação de investimentos no município.

“Temos total interesse em expandir e já estamos estudando, inclusive, a abertura de uma segunda loja em Uberaba. Ninguém pode discutir o desenvolvimento e a força do Triângulo Mineiro, é uma das principais regiões não só do estado, mas do país, em termos de rentabilidade e crescimento”, analisou.

Paulo Piau afirmou que Uberaba tem recebido redes de atacado e varejo muito importantes, aumentando a oferta de produtos e colocando os preços em melhores condições.

“Uberaba tem um dos menores custo de vida de Minas Gerais. E por esta condição de estarmos recebendo muitas redes supermercadistas e trocas de bandeira, continuamos com grande oferta de opções às famílias de Uberaba”, comentou.

O anúncio foi feito pelo prefeito Paulo Piau (MDB), pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Inovação, José Renato Gomes, e por Roberto Gosende, diretor do Grupo EPA, que esteve recentemente em Uberaba.

Segundo Gosende, a loja em Uberaba terá 4.600 metros quadrados, com 14 caixas para atendimento ao cliente e 218 vagas de estacionamento. O diretor afirmou que, além da oportunidade de compra do Makro, o grupo e a Prefeitura de Uberaba já estavam em tratativas para a consolidação de investimentos no município.

“Temos total interesse em expandir e já estamos estudando, inclusive, a abertura de uma segunda loja em Uberaba. Ninguém pode discutir o desenvolvimento e a força do Triângulo Mineiro, é uma das principais regiões não só do estado, mas do país, em termos de rentabilidade e crescimento”, analisou.

Paulo Piau afirmou que Uberaba tem recebido redes de atacado e varejo muito importantes, aumentando a oferta de produtos e colocando os preços em melhores condições.

“Uberaba tem um dos menores custo de vida de Minas Gerais. E por esta condição de estarmos recebendo muitas redes supermercadistas e trocas de bandeira, continuamos com grande oferta de opções às famílias de Uberaba”, comentou.

O post Grupo EPA vai abrir unidade do Mineirão em Uberaba-MG apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/atacado/grupo-epa-vai-abrir-unidade-do-mineirao-em-uberaba-mg/feed/ 0
Giga Atacado e Mambo separam operações em acordo familiar https://newtrade.com.br/atacado/giga-atacado-e-mambo-separam-operacoes-em-acordo-familiar/ https://newtrade.com.br/atacado/giga-atacado-e-mambo-separam-operacoes-em-acordo-familiar/#respond Wed, 04 Mar 2020 14:33:56 +0000 https://newtrade.com.br/?p=1023904

André Nassar permanece à frente do Giga Atacado como CEO e presidente do Conselho da Administração.

O post Giga Atacado e Mambo separam operações em acordo familiar apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
Por Rubia Evangelinellis

O Grupo MGB, que antes controlava as bandeiras Giga Atacado, Supermercados Mambo, Petit Mambo Delivery e Petit Mambo, passa a ser um CSC (centro de serviços compartilhados) para as duas operações distintas.

Na nova estrutura, ela oferece serviços de retaguarda, como financeiro, de contabilidade, de recursos humanos e o jurídico, para o Giga Atacado e o Mambo, que se tornaram duas empresas com gestões separadas, em uma decisão tomada em conjunto pela família Nassar no fim de 2019.

André Nassar, CEO e presidente do Conselho da Administração do Giga Atacado

. Tem sob seu domínio uma rede de dez lojas de atacado de autosserviço instalada no eixo expandido da capital paulista, na qual cobre até um raio de 100 quilômetros.

Seus irmãos estão no controle das outras operações – Marcos no Mambo (com os mesmos postos que André) e Lucas como CEO do MGB e vice-presidente dos conselhos do Mambo e do Giga. “Agora, com as gestões e governanças separadas, cada grupo de lojas assume as áreas de negócios, compras e marketing”, explica André Nassar, que investe, em paralelo, na Loja Saudável, lançada em 2018 no bairro de Pinheiros, e cujo portfólio é perfeitamente adequado ao nome.

O post Giga Atacado e Mambo separam operações em acordo familiar apareceu primeiro em Newtrade.

]]>
https://newtrade.com.br/atacado/giga-atacado-e-mambo-separam-operacoes-em-acordo-familiar/feed/ 0