Mercado de bebidas se prepara para as vendas de final de ano


Por Victor Simas, presidente da Confenar Confederação Nacional das Revendas Ambev

Foi um ano turbulento. A crise, sem dúvidas, afetou todos os setores da economia, inclusive o nosso, de distribuição de bebidas. Apertamos o cinto e atravessamos essa fase complicada, imprevisível, sem saber ao certo como chegaríamos ao final do caminho. Hoje, porém, posso afirmar que temos bons motivos para comemorar. Estamos concluindo a travessia mais ajustados para os novos desafios.

Mesmo com um ano tão árduo quanto 2016, não perdemos a qualidade e mantivemos as parcerias, que são extremamente importantes às revendas, já que geram economia e bons negócios durante o ano todo. Outra boa notícia é que estamos no melhor período de vendas de bebidas do mercado brasileiro: dezembro. Verão, férias, festas de final de ano – a receita certa para o aumento da demanda. 

Claro que o brasileiro está mais cauteloso, mais econômico. Porém, com algumas facilidades nessa época, como 13º salário eações promocionais, as vendas são alavancadas. Por isso, precisamos estar preparados para vender e muito! Nesse sentido, há toda uma logística envolvida e estratégias para distribuir os produtos e conseguir atender os pontos de venda, verificando estoque e expectativa de consumo, com base na distribuição do ano anterior. 

Acredito que um diferencial da Confenar e um dos motivos para termos atravessado essa crise sem sentirmos tanto é a nossa abrangência. Atendemos todos os municípios do Brasil, sem exceção. Como as revendas estão situadas próximas aos pontos de venda, o relacionamento é facilitado. Quando há um problema, um contratempo, estamos prontos para resolvê-lo e nos comunicar com esses clientes. A resposta é imediata. Conseguimos atender de maneira eficiente e ágil a todos.

Para a alta temporada, o planejamento começa com bastante antecedência, no início do segundo semestre. Os estoques são planejados e a frota é alinhada para realizar as entregas de modo eficiente. A tecnologia ajuda nesse processo. Desde a automatizaçao da força de vendas até nossos caminhões, que são específicos para o transporte de bebidas – com modelos pensados para um tranporte, logistica e operação mais dinamica e rapida na hora da entrega, além de ter uma maior capacidade de carga.

São essas preocupações que nos fazem hoje a maior Confederação de Revendas de Bebidas do País – cumprindo prazos e entregando o produto da melhor maneira possível para nossos clientes. E, nesse final de ano vamos continuar o trabalho com todo o gás e dedicação, com o intuito de entrar em 2017 com o pé direito e boa vibração.


Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.