As 100 marcas que não podem faltar no portfólio do distribuidor


A DISTRIBUIÇÃO traz nesta edição um estudo inédito que destaca as “100 marcas que não podem faltar em seu portfólio de vendas”. A pesquisa foi desenvolvida pela Data Trade, área de pesquisa da EBC – Editora Brasileira do Comércio que edita as revistas DISTRIBUIÇÃO e VAREJO DE VIZINHANÇA e o Portal e TV Newtrade, com base na pesquisa Nielsen 2014-2015, em um universo que abrange lojas de autosserviço de até quatro checkouts e lojas tradicionais do varejo alimentar brasileiro.

Nessa classificação, de acordo com a metodologia de Retail Index utilizada pela Nielsen, os autosserviços de até quatro checkouts são estabelecimentos comerciais onde o consumidor escolhe os produtos sem intermediação de um vendedor ou balconista. Tem como característica fundamental o checkout e o carrinho ou a cesta à disposição do consumidor. Por sua vez, as lojas tradicionais são estabelecimentos onde o consumidor escolhe os produtos com a intermediação de um vendedor ou balconista. As lojas tradicionais incluem as padarias, armazéns, mercearias, empórios e todos os outros tipos de lojas com atendimento de um vendedor ou balconista. Assim, estão fora do estudo as lojas de autosserviço com cinco ou mais checkouts, os bares e as drogarias.

De acordo com o levantamento anual da Nielsen em suas sete áreas, a que ela dá o nome de Estrutura do Varejo Brasileiro, há 400 mil estabelecimentos que operam em conformidade com esse conceito, sendo 63 mil autosserviços com até quatro checkouts e 330 mil tradicionais.

Segundo Fernando Mendes, responsável pela Data Trade, as cinco principais marcas foram obtidas por meio da classificação das vendas em faturamento (em reais) de todas aquelas pertencentes a uma categoria ou segmento. “Não entram no Ranking marcas que detêm menos de 1% de participação no mercado, pois essas não são significativas para o mesmo em comparação com outras marcas do Ranking”, enfatizou.

Para elaborar esse Ranking, foram consideradas as vendas de um ano móvel terminado em junho de 2014 (de julho de 2013 até junho de 2014) e em junho de 2015 (de julho de 2014 até junho de 2015).

Quer saber quais são as 100 marcas que não podem faltar no mix do distribuidor? Clique aqui e confira na ed. outubro da Revista Distribuição!


Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.