Envase Brasil é adiada em função do coronavírus

0 98

Seguindo recomendações da Organização Mundial da Saúde (OMS) e de instituições estaduais e municipais, a Envase Brasil anuncia o adiamento da 14ª edição do evento. A medida ocorre como forma de prevenção à proliferação do novo coronavírus. A Envase Brasil estava agendada para ser realizada de 31 de março a 3 de abril, em Bento Gonçalves, no Pavilhão E da Fundaparque. Ao todo, a previsão da organização era de receber 10 mil visitantes nos quatro dias do evento – muitos, inclusive, vindos de outros países.

Além da própria feira, todas as atividades e demais encontros setoriais paralelos ao evento também estão suspensos. Uma nova data para a Envase Brasil será divulgada em breve. “Tomamos essa decisão com muita dor e tristeza, mas temos certeza de que é o melhor a ser feito no momento. A segurança dos parceiros, expositores e visitantes é a nossa prioridade máxima”, reforça o diretor executivo do evento, Osmar Bottega.

Consolidada como um dos principais eventos da América do Sul do ramo industrial de bebidas e alimentos, a Envase Brasil já contava com pelo menos 140 expositores confirmados. Marcas de 12 países marcariam presença no evento. A expectativa da Envase Brasil 2020 era de movimentar R$ 100 milhões em negócios.

Nascida para atender a demandas do setor vitivinícola no final da década de 1990, a Envase Brasil ganhou força ao longo dos anos e expandiu seu segmento de atuação. A programação para essa edição foi idealizada com foco nos mercados produtores de vinhos, espumantes, sucos, cervejas, lácteos, cachaça e destilados, azeites e água mineral.

 

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.