Anvisa proíbe cinco suplementos alimentares


A Anvisa determinou nesta terça-feira (18), de acordo com publicação no Diário Oficial da União, a proibição da venda de cinco produtos diferentes de suplemento alimentar, todos fabricados pela empresa Bodyaction e Nutribium, registradas sob a razão social Rainha Laboratório Nutracêutico LTDA.

O recolhimento dos mesmos produtos, tal como a proibição de sua venda, já havia sido proibido no ano passado, através do comunicado do Centro de Vigilância Sanitária nº 36/2016.

Os produtos em questão são: o suplemento de cafeína para atletas em cápsulas Therma Pro-F; suplemento vitamínico mineral em cápsulas – Colágeno Hidrolisado Clinical Skin; suplemento para atletas – Colágeno Hidrolisado em comprimido; pó para o preparo de composto de cafeína e taurina – Pre-Hers Pro-F Pre Workout; e suplemento vitamínico – mineral em comprimidos – Salad Tab.

Todos os produtos proibidos na resolução desta terça-feira têm validade até o final de 2017.

Confira a seguir quais são eles e os problemas identificados em cada um, que levaram à sua proibição:

Produto Marca Data de validade Motivo da proibição
Suplemento de Cafeína para Atletas em cápsulas Therma Pro-F Bodyaction 2017 Possui em sua composição extrato de chá verde, extrato de guaraná e extrato de laranja amarga como ingredientes ativos na formulação, sem avaliação de segurança do CVS
Suplemento Vitaminico Mineral em cápsulas – Colágeno Hidrolisado Clinical Skin Bodyaction 2017 Produto comercializado irregularmente como suplemento vitamínico mineral; contém colágeno e apresdenta alegações não permitidas para alimentos
Suplemento para Atleta – Colágeno Hidrolisado em comprimido Bodyaction 2017 Lista de ingredientes não condiz com a odem de produção; não constam as vitaminas e minerais declarados na lista de ingredientes
Pó para o preparo de composto de cafeína e taurina – Pre-Hers Pro-F Pre Workout Bodyaction 2017 Em desacordo por conter extrato de gengibre em pó como ingrediente ativo, sem avaliação de segurança. Apresenta alegações não permitidas para alimentos. A lista de ingredientes não condiz com a ordem de produção
Suplemento vitamínico- mineral em comprimidos , Salad Tabs Nutrilibrium 2017 Enquadramento irregular na categoria de suplemento vitamínico e mineral pois os ingredientes utilizados não são fonte de vitaminas e minerais

Fonte InfoMoney

Notícias Relacionadas

Deixe um comentário

Seu endereço de email não será publicado.